David Letterman em 2016
Foto via Shutterstock
   

Foto de David Letterman via Shutterstock

Após Neil Young cancelar sua participação na cerimônia do Hall da Fama do Rock And Roll que homenageou o Pearl Jam, o ex-apresentador David Letterman foi o responsável por incluir a banda na seleta lista.

Letterman fez piadas sobre o fato de que o Pearl Jam levou vários bateristas que já tocaram com a banda e criticou a Ticketmaster – com quem a banda já teve problemas no passado.

O ex-apresentador também elogiou a postura do grupo quanto a questões civis, dizendo que o Pearl Jam é um “organismo cultural vivo”.

Eles reconhecem a injustiça e entrariam em defesa, seja com os direitos humanos, meio ambiente ou a pobreza. Eles não deixam isso passar por cima deles. Eles levantam e reagem.

Após a introdução, Eddie Vedder e cia tocaram “Alive“, “Better Man“, “Given to Fly” e “Rockin’ in the Free World“, cover de Neil Young. Nesta versão, integrantes do Yes, Rush e Journey juntaram-se à performance.

O ex-baterista do Pearl Jam, Dave Krusen tocou “Alive“, enquanto Matt Cameron tocou “Given to Fly” e “Better Man“.

Veja todas as (ótimas) performances aqui. A introdução feita por David Letterman está no vídeo abaixo.