Muitos não sabem, mas o Dropkick Murphys e o Rancid têm uma relação bem especial.

Nos anos 90, Tim Armstrong, do Rancid, criou a gravadora Hellcat em parceria com Brett Gurewitz do Bad Religion e, desde então, ficou responsável pela contratação das bandas. Em 1997, Armstrong assinou com o Dropkick Murphys, lançando a primeira música escrita pelo grupo, “Barroom Hero”, na coletânea Give ‘Em The Boot.

Ao longo de suas carreiras, os dois grupos sempre foram muito próximos. E apesar de, em 2007, o Dropkick Murphys ter saído da Hellcat para criar sua própria gravadora — a Born & Bred –, parece que os músicos não se esqueceram de suas raízes.

Através de um post no Facebook, a banda postou uma querida homenagem ao Rancid, contando um pouco da relação entre os dois grupos.

Leia a mensagem na íntegra logo abaixo.

RESPEITE SUAS RAÍZES

1997: Tim Armstrong, do Rancid, assina o Dropkick Murphys na sua gravadora Hellcat, e lança a primeira música que o DKM escreveu – “Barroom Hero” – na coletânea Give ‘Em The Boot.

1998 e 1999: Lars Frederiksen, do Rancid, produz os dois primeiros álbuns do Dropkick, Do Or Die e The Gang’s All Here.

Nessa foto de 2001 [vista acima]: Rancid ao resgate novamente com Lars cobrindo o espaço de James Lynch durante uma turnê de um mês nos Estados Unidos após o James quebrar o pulso.

Vale lembrar que o Rancid é uma das atrações do festival Lollapalooza Brasil 2017 e que o Dropkick Murphys acabou de lançar um novo disco de estúdio chamado 11 Short Stories of Pain & Glory.

RESPECT YOUR ROOTS1997: Rancid's Tim Armstrong signs Dropkick Murphys to his Hellcat label, and releases the first…

Posted by Dropkick Murphys on Saturday, March 4, 2017

 
 
Compartilhar