Ao que tudo indica, o catálogo de Prince deverá deixar de ser exclusivo do TIDAL e será lançado nos demais serviços de streaming, como Spotify, Apple Music e Google Play.

As especulações apareceram após propagandas do Spotify fugindo do verde e indo para o roxo surgirem em diversas cidades ao redor do mundo, como Londres e Nova York.

De acordo com o New York Post, isso tudo irá acontecer no dia 12 de Fevereiro, durante a cerimônia dos Grammys. “O botão vai ser apertado pra todo mundo durante os Grammys”, de acordo com uma fonte do jornal, que também afirma que o acordo só cobre os álbuns que estiverem sob posse da gravadora Warner Bros — os demais ainda estariam sendo negociados.

Embora isso seja uma ótima notícia para os fãs do músico, distribuir sua música online nunca foi uma ideia bem recebida pelo lendário guitarrista. Ao conversar com o The Guardian, anos atrás, Prince afirmou que “a internet tinha acabado para todo mundo que quisesse ser pago”, completando: “me diga um artista que tenha ficado rico com vendas digitais”.

Desde então, Prince voltou atrás, de certo modo, ao fazer um acordo com o TIDAL para distribuir sua discografia com exclusividade. No entanto, desde a sua morte em 2016, os novos donos de seu catálogo processaram o serviço de streaming para acabar com o contrato.

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar