Glen Matlock
 

A última vez que os Sex Pistols tocaram juntos foi em 2008, com uma breve reunião que contou com cerca de quarenta shows ao redor do mundo.

Desde então, os membros do grupo estão ocupados com outros projetos. Glen Matlock, o baixista do grupo durante as diversas reuniões da banda (e também membro oficial do grupo antes de ser substituído por Sid Vicious em 1977), deu uma entrevista para a NME onde conversou sobre projetos paralelos e também sobre uma possível reunião do Sex Pistols.

Infelizmente, Matlock afirmou que a última vez que conversou com o frontman dos Pistols, John Lydon, foi no último show de reunião da banda, na Espanha, em Setembro de 2008.

Sobre o show em especial, Glen comentou: “Eu fui bem amigável e educadamente falei para ele [Lydon] antes do Bis que a parte da Espanha em que estávamos era, na real, o País Basco, e que eles não gostam de Espanhol, e ele falou ‘Ah, certo, ok’. Basicamente, eu não queria ser atingido na cabeça com uma pedra.”

Ao ser perguntado sobre os motivos pelos quais os dois não se falaram mais, o baixista disse: “Ele está fazendo alguma coisa, e eu estive tocando um pouquinho com o Paul Cook num projeto que iniciamos para o Teenage Cancer Trust. Em todas as bandas existem diversos tipos de pequenas novelas”.

Por último, o músico comentou sobre uma possível reunião do grupo.

Todos nós estamos velhos agora. Nós estamos nos 60 [anos], eu fui o último a completar 60. Eu acho que a bola está caindo para o povo mais jovem.

Eu nunca acordo de manhã pensando ‘não seria legal se os Sex Pistols retornassem?’. Eu posso estar desperdiçando meu tempo. Eu gosto de viver no presente com um olho no passado e prestar atenção no que está por vir. Essa é uma maneira saudável de viver. É a imprensa que cria todos esses pensamentos.