Chris Cornell, vocalista do Soundgarden
Foto via Shutterstock
 

Foto de Chris Cornell via Shutterstock

O Temple Of The Dog e o Soundgarden relançaram recentemente álbuns das bandas que comemoram aniversários de lançamento. Mas parece que Chris Cornell, frontman dos dois grupos, não curte muito a prática.

O músico criticou, em entrevista ao Guardian, a indústria da música por constantemente relançar discos e vender edições de aniversário para ganhar mais dinheiro em cima do trabalho dos músicos. Leia:

As gravadoras descobriram que a maneira mais fácil de ganhar dinheiro é relançar discos que o departamento de contas pagou há muitos anos e com os quais já lucrou em cima. Todas as bandas estão fazendo estes projetos de aniversário. É a mais nova moda da indústria fonográfica.

Já sobre o único disco do Temple Of The Dog, que ganhou um box enorme neste ano para comemorar os 25 anos de lançamento, Cornell revelou que tudo funcionou pois “nossos corações estavam ali e não havia expectativas”.

O músico disse ainda que o selo A&M Records, responsável pelo trabalho, tratou o disco como se fosse um “projeto de vaidade”.

Chris Cornell

O vocalista do Soundgarden vem ao Brasil em Dezembro deste ano para quatro apresentações de sua turnê solo, que divulga seu último álbum Higher Truth (2015).

Você pode conferir mais informações sobre esta turnê clicando aqui.

LEIA MAIS: O Soundgarden está trabalhando em novo disco e já fala até em data