Billie Joe Armstrong, líder do Green Day
   

Foto de Billie Joe via Shutterstock

Em 2004, o Green Day lançou o álbum American Idiot, um grande trabalho que, além de contar uma história envolvente, tratou de temas polêmicos envolvendo a situação política e social dos Estados Unidos no começo dos anos 2000.

Desde o sucesso do disco, American Idiot acabou se transformando em vários projetos paralelos nos mais diversos veículos de comunicação. Um dos mais recentes foi uma peça na Broadway, que inclusive virá ao Brasil em 2017.

Agora, o projeto também está virando um filme, produzido pela HBO, que promete dar o que falar.

Em uma entrevista para a NME, o frontman do grupo Billie Joe Armstrong contou um pouco sobre o que está por vir e quais as diferenças em relação à peça de teatro.

Eu acho que será muito diferente do musical. É um pouco mais surreal e eu acho que algumas partes dele podem ofender as pessoas — o que é bom. Eu acho que é uma boa hora para ofender pessoas.

Eu acho que haverá muitas imagens que não conseguimos reproduzir no musical da peça de teatro. Você sabe, eu não quero soltar muitas informações, mas eu acho que vai ser chocante de uma maneira que te faz pensar.

Tudo isso está sendo feito enquanto o Green Day prepara sua próxima turnê em apoio ao Revolution Radio, último disco lançado pelos caras.