The Raskins
 

A sempre controversa banda de hard rock Motley Crue irá enfrentar um processo milionário na justiça.

O grupo foi acionado pela banda The Raskins, que fez uma série de shows de abertura para os caras em 2014 e, de acordo com os próprios, teria sofrido nas mãos dos californianos.

O processo se dá por conta de vários incidentes que teriam acontecido na turnê, incluindo um episódio na cidade de Darien onde membros da equipe do Motley Crue se vestiram de macacos e subiram ao palco enquanto o Raskins tocava, carregando armas de brinquedo que espirravam urina nos integrantes enquanto eles se apresentavam.

Além disso outras “brincadeiras” parecidas teriam sido comuns durante os meses de turnê e a banda ainda alega que era obrigada a fazer shows curtos e para praticamente ninguém já que os empresários do grupo de hard rock se recusavam a abrir as portas das casas de show no horário.

Para completar o verdadeiro terror, a banda teria sido impedida de usar camarins, de vender peças de merchandising e ainda tinha seus sistemas de som alterados e/ou desligados durante shows da turnê.

O Raskins pagou 1 milhão de dólares (!) para estar na turnê e agora cobra 30 milhões em compensações por todos os problemas que teria enfrentado.