Chino Moreno e Deftones no Riot Fest 2016
 

Quando você pensa no Deftones certamente não imagina que a banda excursionaria com um grupo como o Sugar Ray, certo?

Pois isso aconteceu e o vocalista da banda, Chino Moreno, explicou a história e ainda disse que não era nada fácil:

A primeira turnê da nossa carreira foi com o Monster Magnet. Nós abríamos o show deles e o Sugar Ray abria a noite. Foi a primeira vez que a gente viajou pelo mundo, e tocamos, literalmente para públicos de, talvez, seis pessoas. Pelo fato de excursionarmos, meus amigos ficavam me falando ‘Cara! Sua banda está dando certo!’ mas ao mesmo tempo a gente estava fazendo shows onde as pessoas ficavam paradas nos vaiando. Era bem ruim.

Para o Sugar Ray era ainda pior, porque eles eram a primeira banda da noite. Então tinha tipo duas pessoas gritando pra eles. Pra gente sempre foi como um crescimento gradual, e nunca sentimos um dia que, de repente, tudo tinha dado certo. No minuto que sentimos que havíamos conquistado algo, levamos um tombo. Aí a gente percebia que tinha muito a percorrer.

Eu acho que no longo prazo isso nos ajudou, a gente sempre sentiu que a carreira teria um percurso longo. E tivemos sorte de nos tornarmos uma banda quando tivemos essa chance. Nos dias de hoje o desenvolvimento artístico não existe mais, então a gente teve a oportunidade de crescer como uma banda com o tempo, e amadurecer sem que tudo esteja no YouTube.

Deftones

Em 2016 o Deftones lançou mais um grande álbum para abrilhantar sua carreira: Gore saiu em Abril e foi muito bem recebido por público e crítica.

Recentemente a banda anunciou o lançamento de sua cerveja própria, uma IPA chamada Phantom Bride.

 
Compartilhar