Pearl Jam - Ten

27 de Agosto de 1991 é uma data importantíssima não apenas para o Pearl Jam, como para o rock and roll.

Foi nesse dia que a banda, fundada após acontecimentos pra lá de difíceis, lançou seu disco de estreia e começou a marcar seu nome entre os grandes do estilo, entrando para a história da música.

 

 

Origens

Mother Love BoneO Pearl Jam foi fundado em 1990 após o fim da banda Mother Love Bone, onde tocavam o baixista Jeff Ament e o guitarrista Stone Gossard.

A influente banda de Seattle havia chegado ao fim porque seu vocalista, Andrew Wood, faleceu alguns dias antes do lançamento do disco de estreia do grupo, Apple, que saiu em 19 de Julho de 1990.

Para fundar uma nova banda, Jeff e Stone recrutaram o vocalista Eddie Vedder, o guitarrista Mike McCready e o baterista Dave Krusen, que juntos gravaram o primeiro disco.

A história fica ainda mais interessante pois antes do álbum, Ament, Gossard e McCready gravaram algumas demos com Matt Cameron (Soundgarden / Pearl Jam) na bateria, bem como Chris Friel, que era baterista do Shadow, a banda anterior de Mike.

Uma demo lançada com o nome Stone Gossard Demos ’91 tinha cinco faixas, “Dollar Short”, “Agytian Crave”, “Footsteps”, “Richard’s E”, e “E Ballad”, e foi circulada pela banda que estava à procura de um vocalista e um baterista.

 

Eddie Vedder

Eddie Vedder em 1991

É aí que entra Eddie Vedder.

O músico, que estava em San Diego, acabou ouvindo a demo por indicação de Jack Irons, ex-baterista do Red Hot Chili Peppers.

Ele não apenas gostou das canções como escreveu letras para “Dollar Short”, “Agytian Crave”, e “Footsteps”, sendo que as duas primeiras acabaram se transformando em “Alive” e “Once”.

A banda ouviu suas versões e o convidou para um teste em Seattle, onde durante os ensaios de uma semana, onze canções foram compostas, sendo que Vedder já tinha escrito uma letra para “E Ballad” que acabou se transformando em “Black”.

O vocalista foi contratado, assim como o baterista Dave Krusen que participou dos ensaios, e o grupo assinou contrato com a Epic Records.

Nessa época, o grupo ainda se chamava Mookie Blaylock.

Gravação

Pearl Jam na gravação de "Ten"A gravação do disco se deu com o produtor Rick Parashar, da região de Seattle e responsável pelo disco de estreia do Temple Of The Dog e títulos de bandas como Alice In Chains e Blind Melon.

Assim que terminou de gravar o disco, o baterista Dave Krusen deixou a banda para se internar em uma clínica de reabilitação.

Dave tinha sérios problemas com o álcool, disse que a banda tentou o ajudar várias vezes, mas ele mesmo se sabotava.

Falando especificamente sobre o som, apesar de produzir alguns dos maiores hits da carreira da banda, integrantes já disseram que não gostam da mixagem e da produção do disco. Segundo eles, há muito reverb e a banda era inexperiente, gravando inúmeras camadas de guitarras apenas para que tudo soasse mais alto.

Rick Parashar faleceu em 2014 aos 50 anos de idade.

 

Singles

Para divulgar o disco, a gravadora optou por alguns singles do álbum que acabaram se tornando músicas favoritas dos fãs ao longo do tempo.

Estão em Ten canções como “Alive”, “Even Flow” e “Oceans”, porém, a que fez tudo explodir mesmo, foi “Jeremy”.

Jeremy

Pearl Jam - Jeremy

Em uma época onde a MTV começava a ditar o que era quente ou não no mundo da música, o Pearl Jam lançou um clipe impactante para “Jeremy”, que catapultou as vendas do disco.

É interessante notar que a música foi lançada como single e clipe um ano após o lançamento do álbum, que até então tinha vendas apenas moderadas.

Ten e o clipe de “Jeremy” são exemplos clássicos para entender o poder da MTV no início dos anos 90.

Não fosse um grande clipe ser veiculado à exaustão, talvez o Pearl Jam não entrasse para a história do rock and roll popularizando, no caminho, o rock alternativo.

 

Recepção

Disco de platina do Pearl JamO disco recebeu críticas positivas em quase todos os veículos onde foi resenhado.

Após engrenar de vez em 1992, um ano depois do lançamento, Ten acabou entrando para a história e também entrando em várias listas de melhores discos de rock, melhores discos de todos os tempos, melhores estreias e mais.

O álbum chegou à segunda posição da parada mais importante da Billboard, a Billboard 200, e até 2013 tinha vendido mais de 10 milhões de cópias só nos Estados Unidos.

Hoje, mais do que nunca, é dia de ouvir o espetacular disco de estreia do Pearl Jam, Ten, bem alto!

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!