Ouça o novo disco de Diego Tavares!  

Na próxima segunda, temos um encontro marcado com um dos grandes hitmakers do momento: Matt Simons. Na segunda, em uma ação coordenada pela Universal Music Brasil e pelo Twitter, vamos fazer nossa primeira entrevista ao vivo. Estaremos via Periscope de dentro de um ônibus, em algum lugar da cidade, trocando ideia com o Matt, a partir das 19h e contamos com as suas perguntas!

Com quase 15 milhões de visualizações no clipe de “Catch and Release” e com o impressionante número de 100 milhões de plays no Spotify, ele já chegou ao 1º lugar no iTunes da Alemanha, Países Baixos e Bélgica, além de ficar no Top 5 na França, Suíça, Luxemburgo e Áustria. No Brasil a música ficou entre as 5 mais tocadas da rádio Antena 1 e entrou no Top 20 do iTunes!

Matt está no Brasil para se apresentar na Casa da Holanda, uma das muitas operantes durante os jogos olímpicos, no domingo dia 14 de agosto. A casa foi batizada de Holland Heineken House e funcionará dentro do Clube Monte Líbano, no Leblon.

Simons lançou seu primeiro álbum (Pieces) em 2012 e em pouco tempo lotava shows, teve música incluída em trilhas de programas holandeses e foi jurado do X-Factor dos Países Baixos. Além disso, o single “With You” ganhou o título não oficial de ‘Música mais tocada em Funerais’ do país. “Por mais estranho que isso possa soar, foi o melhor elogio,” ele diz. “Minha música estava sendo usada para celebrar legados. O fato de as pessoas poderem ser afetadas nesse nível por uma canção que eu compus foi incrível pra mim. Eu não sabia que era isso que eu gostava tanto em compor, mas eu aprendi isso.”

No segundo disco, Catch and Release, ele chegou às maiores rádios americanas. O single de mesmo nome une uma atmosfera Deep House com o dedilhado dos violões e a voz suave de Matt. “A comunidade dance parecia faminta por músicas com um significado mais profundo. Pareceu realmente natural”, ele continua.

A música é uma tradição na família de Matt. Seus dois avós foram cantores profissionais de ópera e seu pai dividia com ele seu amor por Beatles e pelos clássicos desde cedo. Tocando saxofone sua vida inteira, ele conseguiu um diploma em Performance de Jazz no Saxofone pela Purchase College Conservatory. Esse ambiente concedeu a ele a fundação para compor seu estilo musical. “Eu não vou perder essa influência jamais,” ele dispara. “Eu comecei com o jazz e esses ritmos e padrões estão entranhados em mim. Agora meu foco está em continuar compondo este tipo de canção que consegue ressoar muito bem.”

Ou seja, Matt é um cara muito pop, que une influências de jazz e música eletrônica e é um dos maiores sucessos do mundo no momento. Vale conhecer melhor e trocar uma ideia com ele. Se tem alguma pergunta, mande aqui nos comentários ou durante a transmissão com a hashtag #MattSimonsResponde

Fiquem ligados na segunda no nosso twitter e no da Universal Music Brasil, às 19h, que divulgaremos o link.

 

 

 

Ouça a nova música de Juliah!