Se você acha que o vídeo do Nirvana para “Heart-Shaped Box” é bizarro, fique sabendo que Kurt Cobain poderia ter feito um pior ainda.

Acontece que a ideia original de Kurt para um futuro clipe era reproduzir o assassinato do falecido presidente americano John F. Kennedy, e quem revelou tudo isso foi o comediante Bobcat Goldthwait em conversa com a Vice. O cara esteve em turnê com a banda e foi grande amigo de Cobain, e descreveu um de seus papos com o frontman, onde discutiram as ideias para o vídeo. Leia:

Na verdade, eu passei muito tempo com Kurt e cheguei a ser seu amigo. Na época, ele queria fazer um vídeo para “All Apologies”. Kurt Cobain queria que ele estivesse bêbado em uma festa com uma arma, mas eu disse: ‘Não. Você sabe, você deve cantar essa canção como Lee Harvey Oswald [assassino de John F. Kennedy]. Tipo cantando para a lente. E então, você está montando o seu rifle lá no depósito de livros’. Ele diz: ‘Sim, mas eu não posso, porque a MTV não vai me deixar mostrar armas.’ E eu disse, ‘E se for uma torta? Você está fazendo uma torta. E então você a joga [nele]. Dave [Grohl] ou Krist [Novoselic] poderiam ser o Kennedy, e o merengue atingiria a parte de trás de sua cabeça.’ Aí ele disse, ‘Yeah! Isso é realmente uma boa ideia!’ Foi então que o assessor do Nirvana nos disse que não poderíamos mais viajar juntos.

Um clipe para a versão do álbum, entretanto, nunca foi lançado.

Já pensou na polêmica?

LEIA: Nirvana: “90% do som de Nevermind vem de Dave Grohl,” diz produtor