Eric Clapton pode ser considerado um verdadeiro deus da guitarra mas, assim como nós mortais, vem sentindo o peso do tempo.

Em nova entrevista divulgada na Consequence of Sound, o mestre foi muito franco e detalhou a batalha que está enfrentando com seu sistema nervoso – batalha esta que, infelizmente, está limitando a habilidade de tocar sua inseparável guitarra.

Tenho sentido muita dor do ano passado pra cá. Isso começou com uma dor no início da coluna, e desenvolveu para o que eles chamam de neuropatia periférica – que você sente como se tivesse choques elétricos descendo pela sua perna.

Fica mais difícil tocar guitarra e estou começando a aceitar o fato de que não irá melhorar.

Os efeitos de sua condição vêm limitando bastante as possibilidades de realizar turnês nos últimos anos. Em 2013, o guitarrista foi forçado a cancelar várias datas devido às dores nas costas. Já em 2014, ele ponderou sobre sua aposentadoria em uma entrevista para a Uncut Magazine:

A estrada está se tornado insuportável. Existem tantas coisas que eu gostaria de fazer, mas estou pensando em parar, também. O que eu vou me permitir fazer, dentro dos limites da razão, é seguir gravando dentro do estúdio.

Eu não quero forçar a barra até o ponto em que começasse a passar vergonha.

Bem triste.

Clapton acaba de lançar seu novo álbum, I Still Do, e chegamos a divulgar uma matéria em que ele detalha os processos dentro do estúdio, relembre aqui.

LEIA: Ele voltou! Senhoras e senhores, Eric Clapton.

 
Compartilhar