Zane Lowe e Chris Martin
 

Há algum tempo, antes de lançar o mais recente disco de estúdio do Coldplay, o vocalista Chris Martin disse que A Head Full Of Dreams (2015) poderia ser o último trabalho da banda.

Ele revelou em entrevista para Zane Lowe que o disco era “a finalização de algo” e deixou os fãs apreensivos com um possível fim para a banda.

Essa semana Martin voltou a conversar com Lowe, que hoje está na Apple Music, e é claro que o assunto voltou a ser discutido, com o vocalista sendo um tanto quanto vago mais uma vez e não revelando exatamente o que quis dizer e o que pensa hoje a respeito do futuro do Coldplay:

Eu não acho que iríamos nos separar como uma banda. Espero que a gente consiga pensar em algo para fazer em algum momento. Mas uma parte de mim agora sente que, sim, sete discos, isso é ótimo, eles formam uma espécie de círculo e todos fazem sentido para mim agora, tenho muito orgulho deles.

Martin continua:

Eu ficaria surpreso se houvesse outro álbum convencional do Coldplay. Eu sinto que estamos agora onde deveríamos estar. Eu realmente quis dizer o que disse a você há algum tempo, eu sinto como se isso fosse um capítulo final ou algo parecido. Receio que eu continue achando isso.

Ou seja: a banda não vai acabar mas não deve mais lançar “discos normais” e escreveu um último capítulo. Entendeu? Nem a gente.

Coldplay na América Latina

Recentemente a banda britânica passou pela América do Sul e também o México, onde se deparou com um dos momentos mais emocionantes da turnê.

Em vídeo registrado pelo pai, é vista a reação de um garoto autista ao ouvir sua música favorita do Coldplay. Você pode ver o momento de tocar o coração clicando aqui.

 
 
FonteCoS
Compartilhar