No último domingo Dave Grohl, líder do Foo Fighters, tocou na cerimônia do Oscar e por lá fez uma cover da bela canção “Blackbird”, dos Beatles, no momento em que a Academia prestou homenagens aos cineastas que nos deixaram no último ano.

De lá pra cá rumores começaram a surgir na Internet a respeito de como a banda estaria sofrendo com uma divisão interna e que o baterista Taylor Hawkins, inclusive, estaria com raiva das aventuras paralelas de Grohl.

Ao melhor estilo Foo Fighters, ontem a banda publicou uma mensagem nas suas mídias sociais, quase de madrugada mesmo para o horário de Los Angeles, dizendo que hoje faria um anúncio oficial, e era para todo mundo ficar ligado.

Sites começaram a publicar notícias sobre como a banda falaria de seu futuro e estaria prestes a anunciar o fim para que Dave Grohl saísse em carreira solo e alguns, como a Consequence of Sound, chegaram a publicar há algumas horas que “de forma oficial” a banda está em hiato. Um vídeo com Taylor Hawkins falando a respeito em Janeiro foi resgatado para utilizar isso como base.

Há alguns minutos a banda disponibilizou um vídeo hilário onde Dave Grohl aparece conversando com o produtor Butch Vig sobre como ele se sentiu bem ao tocar sozinho no Oscar e começou a pensar em uma carreira solo, “dando liberdade para os outros integrantes em uma situação onde todo mundo ganha.”

Daí pra frente, a zoeira começa. Vig diz que a música eletrônica está na moda e Grohl começa a tocar teclado e cantar as suas primeiras canções em formato solo, enquanto do outro lado os outros quatro integrantes remanescentes se reúnem para discutir o futuro.

Por lá, começam a discutir nomes para o posto de vocalista e falam em Phil Collins, Eddie Vedder, Chris Cornell, Diplo, Gwen Stefani, Liam Gallagher e até mesmo Justin Bieber. Eles chegam a cogitar uma “promoção interna” para que um deles se torne vocalista e no final arranjam alguém para o posto de Grohl: Nick Lachey da boy band 98 Degrees.

Você pode assistir a mais uma trollada da carreira do Foo Fighters que termina com a mensagem “pela milionésima vez, não estamos terminando. E ninguém sairá em carreira solo.” logo abaixo.

Foo Fighters

Em tempo, ao que tudo indica o vídeo foi gravado nos estúdios 606, de propriedade da banda, na presença do produtor Butch Vig.

Ele já tinha falado que o sucessor do último disco da banda, Sonic Highways, uma espécie de continuação do projeto, já vinha sendo produzido. Será que além da trollada a banda ainda está em estúdio gravando material novo?

O último trabalho do Foo Fighters é o ótimo EP Saint Cecilia.