Kira Roessler, do Black Flag
 

O mundo do punk esteve representado na cerimônia de entrega do Oscar ontem à noite (28) em Los Angeles, e quem o fez foi Kira Roessler, ex-Black Flag.

A baixista fez parte da equipe que ganhou o prêmio pela Edição de Som no filme Mad Max: Estrada da Fúria e desde o começo dos anos 2000 trabalha como editora de diálogos, profissional que monta, sincroniza e edita os diálogos em um filme e/ou série de televisão.

Black Flag e Kira Roessler

Kira Roessler entrou para o Black Flag em 1983 e tornou-se a primeira e única mulher na história do grupo.

Com a icônica banda punk ela gravou quatro discos de estúdio (Family Man, Slip It In, Loose Nut In My Head), dois discos ao vivo e quatro EPs (The Process of Weeding Out, Minuteflag, Annihilate This Week I Can See You).

Após deixar a banda, Kira formou o Dos ao lado de Mike Watt (do Minutemen, com quem foi casada entre 1987 e 1994) e também compôs músicas para projetos como o Firehose.

Em seu currículo ela já contava com prêmios Emmy por edições de som em séries de TV.