Shooter Jennings e tributo a Giorgio Moroder
 

No dia 11 de Março, Shooter Jennings irá lançar o disco Countach (For Giorgio), que é uma homenagem a Giorgio Moroder, pioneiro da música eletrônica, com versões de várias de suas músicas.

Entre as versões, Jennings regravou “Cat People“, escrita por David Bowie para a trilha sonora do filme de mesmo nome de 1982, e que Bowie depois relançou no disco Let’s Dance de 1983. Giorgio Moroder compôs a parte musical da canção e a nova versão tem vocais do Marilyn Manson.

Sobre esta colaboração, o cantor disse:

Eu o convidei a uma festa em um bar e perguntei, ‘Ei, você conhece Cat People? Você quer gravar esta música no disco? Porque você ficaria incrível cantando-a’. E ele ficou tipo, ‘Eu canto essa música toda noite antes de subir ao palco. É o meu aquecimento.’ Então certa noite eu fui até a casa dele às três da manhã e trouxe todo o meu equipamento.

O que é foda do Manson é que todos cantores que trabalhei gostam de ficar analisando a própria performance e ficar regravando. Com ele não tem nada disso. A casa dele é cavernosa, parecendo um bordel, e sua voz ecoava pela casa. Foi bem intenso.

Ouça a ótima versão clicando aqui.

Marilyn Manson

Marilyn Manson nunca escondeu sua admiração e o quanto David Bowie foi influente em sua carreira. Após a morte do ícone, em Janeiro deste ano, Manson publicou um depoimento emocionante sobre esta influência.

TODAS AS SUAS MÚSICAS ERAM UMA MANEIRA PARA QUE EU ME COMUNICASSE COM OS OUTROS. ERA UM SEDATIVO. UMA EXCITAÇÃO. UMA CARTA DE AMOR QUE EU JAMAIS PODERIA TER ESCRITO.

Leia a íntegra da declaração neste link.

Manson entrará em turnê com o Slipknot e Of Mice & Men em Julho com uma série de datas nos Estados Unidos. Veja os detalhes da notícia.