Beyoncé no clipe de
   

Saturday Night Live é famoso por tirar sarro de diversos assuntos polêmicos durante os quadros do programa, e dessa vez foi com a galera que ficou chocada com a nova música da Beyoncé, “Formation”, que lida com assuntos como racismo e empoderamento negro.

Na sketch, que se chama “The Day Beyoncé Turned Black” (O dia em que Beyoncé virou negra), pessoas brancas são exibidas em choque ao ouvirem a letra da música e “descobrirem” que a cantora é negra. Na brincadeira, os noticiários dão conta de que ela não é a única celebridade negra, mas que Kerry Washington “também pode ser”. Em um momento do vídeo, um dos atores brancos do programa, Bobby Moynihan, fala, “Talvez essa música não seja para nós”, ao que Cecily Strong responde: “Mas, geralmente, tudo é [para nós]!”.

Após o lançamento do clipe de “Formation” e a apresentação da música no intervalo do Super Bowl 50, a diva foi duramente criticada por afrontar a polícia americana, criticar o racismo e cantar sobre ter orgulho de sua raça. Inclusive, um grupo está planejando um protesto contra a apresentação de Beyoncé na sede da NFL.

Confira abaixo o quadro genial do SNL:

Restaurante citado na música de Beyoncé tem aumento nas vendas

Além das críticas à ótima música e ótimo clipe, “Formation” também teve um impacto bem positivo, pelo menos para o restaurante americano Red Lobster. O estabelecimento é citado durante a letra da canção, onde Beyoncé fala, “se meu homem me comer direito, eu o levo ao Red Lobster”. Como esperado, o lugar ficou mais famoso e teve um aumento de até 33% nas suas vendas. Leia mais aqui.