Robb Flynn fala sobre atitudes racistas de Phil Anselmo
 

Essa semana um vídeo foi divulgado no YouTube e nele o ex vocalista do Pantera, Phil Anselmo, aparece fazendo saudações nazistas e gritando “White Power” ao final da edição de 2016 do Dimebash, evento para celebrar a vida e obra do guitarrista Dimebag Darrell.

Enquanto muita gente criticou o cara, outros o defenderam, dizendo que só o pessoal do “politicamente correto” reclamou, mas até agora a discussão só tinha ficado entre fãs e pessoas ligadas à música.

Isso mudou hoje quando Robb Flynn, vocalista, guitarrista e fundador do Machine Head, resolveu gravar um vídeo chamado “Racism In Metal” e apareceu em 11 minutos, olhando diretamente para a câmera e falando sobre como reprova a atitude de Phil Anselmo.

Ele ainda foi além, dizendo que estava no Dimebash, se divertiu bastante, tocou músicas do Pantera e que foi criticado pelo vocalista por conta da fase do disco The Burning Red.

Mais importante ainda, é que Robb falou que no backstage do show não havia uma garrafa sequer de vinho branco. Isso vai contra a alegação de Phil Anselmo que disse que gritou “white power” como uma “piada interna”, já que todos estavam tomando vinho branco nos bastidores.

Robb ainda diz que nunca mais irá tocar uma música do Pantera e que a comunidade do heavy metal precisa parar de aceitar esse tipo de atitude. Para a parte da comunidade que não tolerar, ele diz que pode ser contado como carta fora do baralho pois não quer ter nada a ver com isso.

Outro ponto observado por Flynn é a comparação absurda feita em muitos dos comentários, dizendo que se um negro gritasse “black power” nada disso aconteceria. Robb explica (e é triste ver que ainda existe necessidade desse tipo de explicação) que negros nunca oprimiram os brancos, e o contrário aconteceu e ainda acontece em nível nacional, estadual, municipal e de bairros nos Estados Unidos. Como exemplo ele cita uma casa que comprou na Califórnia e vinha, na escritura, a informação de que nenhum negro poderia morar ali.

Você pode assistir ao vídeo certeiro de Robb Flynn logo abaixo.