joe perry
 

Em Fevereiro chegará ao Brasil a autobiografia Rocks, de Joe Perry, guitarrista do Aerosmith. O material será disponibilizado pela editora Benvirá.

No livro Perry fala de sua paixão (quase uma obsessão) pela guitarra e pela música, oferecendo um relato brutalmente honesto sobre sua vida dentro e fora do Aerosmith. Aborda as grandes quantidades de drogas consumidas pela banda, as internações em clínicas de reabilitação, a criação dos maiores sucessos, as disputas com os empresários, os momentos mais marcantes ao lado de nomes como Jimmy Page, Chuck Berry, Alice Cooper, Kiss e outros, além de narrar sua experiência ao lado dos colegas da banda, sobretudo a intensa e conflituosa relação com Steven Tyler, oferecendo ao leitor um novo olhar a respeito de uma das mais importantes parcerias do rock.

O livro tem mais de cem fotos, e o título também é a história de um dedicado pai de família que sobreviveu em meio às pressões de um estilo de vida radical. Nas palavras do próprio Perry, ele conta tudo: “a história do sujeito solitário, a história da banda, a história da recuperação, a história cult, a história de amor, a história do sucesso, a história do fracasso, a história do renascimento, a história da outra destruição e a história do renascimento pós-destruição”.

Rocks foi escrito por Joe Perry, em parceria com David Ritz, autor que já trabalhou em obras de artistas como Ray Charles, Marvin Gaye, B. B. King, Aretha Franklin, Etta James e Smokey Robinson.