Sebastian Bach parece estar arrependido de todas as brigas com o Skid Row e quer voltar atrás.

O ex-vocalista do grupo de heavy metal revelou no Twitter na última Quarta-feira (06) que tem vontade de “deixar no passado” todas as brigas internas, pedir desculpas pelas coisas que disse aos membros e reunir a formação clássica da banda. O Skid Row teve duas baixas nos vocais só no ano de 2015, com Johnny Solinger saindo em Abril após 15 anos, e seu sucessor Tony Harnell em Dezembro, depois de apenas 8 meses no grupo.

Em entrevista à revista 100PercentRock, Sebastian declarou o seguinte:

Quando as pessoas perguntam, ‘o Skid Row vai se reunir?’, eu entendo essa pergunta. Mas eu não estive na mesma sala que Rachel Bolan [baixista da banda] desde 1996. E isso vai fazer 20 anos. Se alguma vez nos reunirmos, serão quase 20 anos para superar tudo isso que os deixaram com raiva, porque eu não estou com raiva de mais nada. O fato de que os cinco caras no Guns N’ Roses ainda estão vivos, e os cinco caras do Skid Row também, isso é um milagre. É como se você tivesse a chance de fazer algo épico e não fazê-lo, é algo egoísta na minha opinião.

Sebastian Bach deixou a banda em 1996 e, sobre o ocorrido, o baixista Rachel Bolan declarou que, além das constantes brigas internas, a composição das músicas não estava funcionando bem com Bach na banda.

Fonte: Blabbermouth

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar