Há alguns meses o cantor Morrissey disse que foi abusado sexualmente no aeroporto de San Francisco enquanto passava por procedimentos de segurança.

Ele relatou que fez uma reclamação formal para a TSA (Transportation Security Administration), mesmo imaginando que não adiantaria, já que o abuso foi óbvio e seus amigos que estavam junto no aeroporto disseram que aquilo não poderia passar impune.

Imagens foram disponibilizadas sobre o ocorrido, e não é possível concluir se o procedimento foi padrão, como a TSA alega, ou se o agente passou do ponto, mas Morrissey não se esqueceu do assunto.

No site “True To You”, onde o músico frequentemente publica textos sobre a carreira, uma nova declaração de Morrissey faz duras críticas à agência, dizendo que a reclamação não resultou em nada, e até mesmo a comparando ao Estado Islâmico:

A TSA ignorou minha reclamação oficial, legal e constitucional. A partir disso a gente deduz que o significado de TSA é Thorough Sexual Assault (Abuso Sexual Completo). Se você viajar pelo Aeroporto Internacional de San Francisco, deve estar preparado para um ataque sexual completo de pessoas que dizem ter os interesses das pessoas no coração. É improvável que o ISIS iria se rebaixar a um nível desses.

As críticas são completamente compreensíveis, mas a comparação com um grupo terrorista tão violento soou completamente aleatória e desnecessária, não?

 

 

 
 
Compartilhar