Dr. Dre
 

Após o lançamento e subsequente sucesso do filme Straight Outta Compton, as controvérsias de Dr. Dre voltaram a ser pauta de veículos midiáticos mundo afora.

A jornalista Dee Barnes se pronunciou após descobrir que a cinebiografia sobre o coletivo de hip hop N.W.A., do qual Dre fazia parte, não fala sobre um ocorrido de 1991, onde o rapper espancou-a por conta de uma matéria negativa a respeito do grupo.

Michel’le, sua ex-noiva, também falou sobre o relacionamento abusivo ao qual Dre a submetia. “Eu era uma namorada quieta que apanhava e era ordenada a sentar e calar a boca”, afirmou.

Agora, buscando o perdão de suas vítimas e da sociedade, o rapper emitiu um pedido de desculpas através do The New York Times. Leia o comunicado abaixo:

Vinte e cinco anos atrás eu era um homem jovem bebendo demais e louco da cabeça sem uma estrutura real em minha vida. No entanto, nada disso é uma desculpa para o que fiz. Eu estou casado há 19 anos e todo dia trabalho para ser um homem melhor para minha família, buscando orientação no caminho. Estou fazendo tudo o que posso para nunca me assemelhar àquele homem de novo. Eu peço desculpas às mulheres que machuquei. Eu me arrependo profundamente do que fez e sei que isso impactou para sempre nossas vidas.

Eduque-se

Tradicionalmente, o TMDQA! insere um clipe do artista comentado pela matéria ao final do texto. No entanto, em respeito a todas as mulheres, você não assistirá a um vídeo de Dr. Dre ou do N.W.A. aqui.

Em seu lugar, recomendamos alguns projetos e ONGs que trabalham para dar voz às mulheres e combater a violência doméstica e o abuso sexual:

Quebrando o Silêncioprojeto da Igreja Adventista do Sétimo Dia, instaurado em oito países sul-americanos, que busca dar voz às vítimas de abuso sexual e violência doméstica e conscientizar a população.

Essas Mulherescom foco na assistência a portadoras de necessidades especiais, a ONG também trabalha para educar e promover os direitos humanos de todas as mulheres, deficientes ou não.

Themis – Gênero e Justiça – ONG de assessoria jurídica comandada por advogadas e cientistas sociais com o objetivo de enfrentar a discriminação contra mulheres no sistema de justiça.

Global Fund for Womenorganização internacional de financiamento social para mulheres em necessidade.