blink-182
Ouça a Playlist Climão de Dia dos Namorados!   Ouça o novo álbum do Melim!  

Mark Hoppus, baixista e vocalista do Blink-182, deu uma nova entrevista e falou a respeito da situação da banda, que rompeu relacionamento com o guitarrista e também vocalista Tom DeLonge alguns meses.

De acordo com Hoppus, ele e o baterista Travis Barker estão passando por um processo de “divórcio amigável” com DeLonge:

Nesse exato momento estamos passando por um processo que tem sido como um divórcio amigável com nosso antigo guitarrista. Espero que tudo fique claro e as coisas não sejam tratadas com empresários e advogados e todo esse tipo de coisa para que a gente possa seguir em frente.

Assim que se separou de DeLonge, o Blink-182 logo anunciou um substituto, Matt Skiba, do Alkaline Trio.

A banda tinha um compromisso confirmado no Musink Festival e disse que faria apenas essa performance com o cara. À medida que a data foi chegando, porém, o que era uma apresentação se tornaram várias, como forma de aquecimento, e você pode ver vídeos delas clicando aqui.

Hoppus ainda falou sobre como anda seu relacionamento pessoal com o amigo de infância Tom DeLonge:

Tom foi meu melhor amigo durante anos e anos e o lance é que se você pensar nas pessoas com quem era amigo ao final do ensino médio e começo da faculdade, com quantas pessoas ainda tem amizade? Estivemos na mesma van, no mesmo ônibus, no mesmo avião e backstage e no palco durante vinte e poucos anos.

O jeito é esperar pelos próximos passos da história que, aparentemente, terá um final feliz.

Vale lembrar que Mark Hoppus chegou a dizer que Matt Skiba era “o padrasto que veio pra ficar com a família.”

Fonte: NME

 

Blink-182 com Matt Skiba

Recentemente foi Matt Skiba quem deu uma entrevista e deixou clara a sua vontade de continuar com o Blink-182, dizendo que gravar um disco com essa formação “seria maravilhoso”.

Ele também disse que a banda estava lidando com questões legais para continuar com as atividades e usar o seu nome sem problemas.