Popload Gig: The Horrors e Boogarins em SP (05/05/15)
 

Texto: William Galvão / Fotos: Marcos Bacon

A 36º edição e primeira do ano do Popload Gig aconteceu na noite da última terça-feira, 05 de Maio, no Cine Joia em São Paulo. Apresentado pela Heineken, o evento contou com show dos goianos da Boogarins, abrindo para a banda britânica The Horrors, que marca sua segunda vinda ao Brasil. Os caras estiveram por aqui em 2012, quando se apresentaram no Festival Cultura Inglesa na abertura do show do Franz Ferdinand.

Popload Gig: The Horrors e Boogarins em SP (05/05/15)

A casa abriu às 20h, e permaneceu meio vazia até o final do show do Boogarins. A banda que tem conquistado os palcos do Brasil e da gringa começou sua apresentação às 20h45 e fez um setlist baseado no seu primeiro e único álbum, As Flores Que Curam, lançado em 2013 pelo selo independente Other Music Recording.

O rock psicodélico encabeçado pelo simpático vocalista e guitarrista da banda, Dinho Almeida, foi apresentado ao público paulista cheio de viagens soladas tanto pela guitarra de Dinho, como a de Benke Ferraz, que faz um espetáculo à parte.

“Vocês ficam segurados aí, mas todo mundo trabalha amanhã, então fiquem loucos, se liberam como esse pessoal aqui na frente, tudo louco”, orientou Dinho em tom de brincadeira ao reparar a receptividade morna do público. Os caras tocaram seus hits como “Lucifernandis” e “Doce”, mostrando que sabem se divertir diante de qualquer plateia.

O quarteto teve ainda bons momentos com “Infinu”, fazendo uma festa quase particular entre eles em cima do palco. Ponto negativo para a plateia que talvez não tenha familiaridade com a banda. Mas uma oportunidade para prestar atenção nessa trupe.

Popload Gig: The Horrors e Boogarins em SP (05/05/15)

O The Horrors iniciou seu espetáculo pontualmente às 22h. A banda foi favorecida por tocar em uma casa fechada de médio porte, o que contribui para a receptividade do pós punk moderno que a banda faz e toda essa áurea dark que carregam. Em um festival, como foi o caso de 2012, um pouco disso se perdeu.

O grupo é liderado pelo andrógino vocalista Faris Badwan, com sua voz soturna que, aliada às misturas eletrônicas da banda, faz lembrar boas fases do Depeche Mode e nomes como Primal Scream e Happy Mondays. A banda apresenta a turnê de seu quarto disco de estúdio, Luminous, lançado em 2013. Eles têm conquistado espaço no cenário indie com o chamado Post Punk Revival, que engloba nomes como Interpol, Futureheads e, mais recente, Savages.

Popload Gig: The Horrors e Boogarins em SP (05/05/15)

Os demais integrantes da banda também têm papeis importantes na incrível presença de palco do grupo. O descontrolado guitarrista Joshua Hayward explora sua guitarra da mesma maneira que explora seus movimentos de forma agressiva, se debatendo. Quem também chama atenção ao vivo é o baixista Rhys Webb com suas dancinhas desengonçadas.

A apresentação começou com “Chasing Shadows” e foi dando uma hipnotizada na plateia que queria ver cada momento da banda no palco. O grupo tocou boas canções como “Who Can Say”, “Sea Within a Sea” e “Scarlet Fields”. Com o palco escuro e poucas luzes sombreando os integrantes nas paredes, a casa foi aos poucos enchendo. Não ao ponto de precisarem abrir o segundo andar da casa.

Popload Gig: The Horrors e Boogarins em SP (05/05/15)

O ponto alto do show foi quando o público entoou junto da banda o refrão de “Still Life”. Foram doze músicas ao vivo, sendo “Change your Mind” e “Moving Further Away” o bis. O evento acabou às 23h30, horário ideal para quem veio de metrô poder voltar pra casa, algo que o Cine Joia antes não parecia se preocupar muito.

Popload Gig: The Horrors e Boogarins em SP (05/05/15)