Camarones Orquestra Guitarrística lança disco
   

Foi lançado nesta sexta-feira (27) Rytmus Alucynantis, quinto álbum da Camarones Orquestra Guitarrística. O trabalho pode ser baixado gratuitamente aqui.

Como já havíamos falado anteriormente, o novo registro da banda instrumental potiguar é bastante animado. Feito para o público dançar enquanto o ouve. O grupo o definiu como “surf Music envenenado, reggae eletrônico, rock com afinação baixa, ska dançante, rocksteady tranquilo ou rockabilly pro baile”. Em entrevista concedida ao TMDQA!, o integrante e produtor Anderson Foca falou mais sobre o conceito por trás dessa empreitada:

Se você olhar a nomenclatura, parece até um mosquito. E na verdade é pra ser um mosquito chamado Rytmus Alucynantis que pica a pessoa e ela fica feliz, excitada, quer dançar, quer se mexer. E isso é muito a onda do Camarones, esse conceito do disco é muito o que a gente quer passar. Alegre, festivo, tendo o compromisso de tocar bem, fazer uma coisa bacana no ponto de vista do rendimento do músico no estúdio, mas isso é o segundo plano total. O primeiro plano é que as pessoas dancem, se divirtam, se identifiquem com algum momento da vida e se for um momento bom, melhor ainda. Esse é o conceito do disco e é o que a gente tá tentando fazer aqui.

O trabalho foi gravado no Estúdio Dosol, que fica em Natal, capital do Rio Grande do Norte, e contou com as participações de João Lemos e Augusto Oliveira (Molho Negro), Ynaiã Benthroldo (Boogarins), Esdras Nogueira (Móveis Coloniais de Acaju), Léo Martinez (Velociraptors), Kaká Monteiro (Fuzzly) e Léo Chermont (Strobo). A capa do trabalho ficou a cargo do ilustrador paulista Wildner Lima.

Agora, o Camarones segue em uma extensa turnê que passa pelas regiões Sudeste, Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil e ainda Inglaterra, Espanha e Portugal no primeiro semestre. Para o segundo semestre a tour continua com shows pelo país e datas na França, Alemanha e Suécia.

Além do lançamento digital, Rytmus Alucynantis também sairá em breve em vinil.