Foto por Albert Sanchez / Paper Mag

Tom DeLonge, (ex?) guitarrista e vocalista do Blink-182, é fanático por alienígenas e deixa isso bem claro desde que gravou a música “Aliens Exist”, do álbum Enema Of The State (1999).

Acontece que, aparentemente, ele leva o assunto muito mais a sério do que se imaginava e deu uma longa entrevista para a revista Paper, dizendo que já se encontrou com seres do espaço, teve seu telefone grampeado e foi perseguido pelo governo por “saber demais”:

Uma vez eu lembro de falar sobre um dispositivo específico que acredito que a gente esteja construindo, secretamente, para emular o fenômeno que nosso governo tem observado há décadas. Então comecei a falar sobre o dispositivo, e seu sistema magnético, como susbstitui 89% da massa da nave, como ioniza o motor, como brilha – falei sobre tudo, e um engenheiro me olhou, esse cara de 70 anos de idade, e falou, “É melhor você tomar cuidado com a porra do que anda falando.” E eu falo, “Okay, então estou perto.” E ele fala, “Não estou brincando com você. É melhor você ter cuidado.” E no outro dia ele me liga e diz, “Recebi ligações sobre você. Se alguém aparecer e falar para você entrar no carro, não entre na merda do carro.” [Risos] E esse é o tipo de merda com a qual eu tenho lidado.

DeLonge ainda diz que teve seu telefone grampeado por um bom tempo e que todo mundo está envolvido no processo: NASA, Roma, o Vaticano. Ele ainda conta sobre como teria feito contato com alienígenas na famosa e lendária Área 51:

Falei para os caras: se alguma coisa for acontecer, vai acontecer às três da manhã, porque é o horário em que coisas assim acontecem. Não me pergunte por que. Colocamos mais lenha na nossa fogueira, e tudo se iluminou com fogo, e nós caímos no sono lá pela uma ou duas da manhã. Acordei perto das três. Meu corpo todo tinha eletricidade estática, eu abri meus olhos e o fogo ainda estava forte, e há uma conversa rolando fora da barraca. Parecia que tinha 20 pessoas lá, conversando. E instantaneamente passa pela minha mente, “OK, eles estão em nosso acampamento, não irão nos machucar, estão falando sobre alguma coisa, mas não consigo entender.” Mas eles estavam trabalhando em algo. Aí eu fecho meus olhos e acordo, e o fogo se foi e eu perdi três horas.

Você sabia que não estava sendo ameaçado, não podia mexer seu corpo, mas conseguia ouvir a conversa durante um bom tempo. Mas essa é a parte assustadora. Se você ler sobre abdução de pessoas, muitas delas relatam muita conversa, e a sensação de que você está no meio de pessoas trabalhando. Quão louco é isso? Nada mais. Sem pegadas, nenhuma marca esquisita ou alguma merda dessas.

Você pode ler a entrevista na íntegra clicando aqui.

Blink-182

Vale lembrar que após episódio bastante confuso, DeLonge está fora do Blink-182 e em seu lugar irá tocar Matt Skiba, vocalista e guitarrista do Alkaline Trio.

A banda tem show marcado para o Musink Festival em Março.