Phil Rudd, baterista do AC/DC, em julgamento

Phil Rudd, baterista do AC/DC enfrentou problemas com a lei quando foi preso na sua casa, na Nova Zelândia, sob acusações de que teria tentado contratar um assassino de aluguel para matar duas pessoas.

Essa acusação foi retirada mas outra, de posse de drogas, persistiu, e o cara teve que ir até a Justiça para ser julgado pelo fato da Polícia ter encontrado metanfetamina e maconha em sua residência.

Rudd compareceu ao tribunal, atrasado, e um vídeo da NBC News traz o estado em que o músico se apresentou, cheio de “tiques”, falando palavrões, deixando o local em cima das costas de um funcionário e quase provocando um acidente de trânsito com seu carro, que era dirigido por outra pessoa.

Ao final das contas, Rudd pagou uma fiança e foi liberado.

Veja logo abaixo.

AC/DC

O AC/DC tem divulgado seu novo disco de estúdio, Rock Or Bust, com os singles “Play Ball” e “Rock Or Bust”, e tanto na foto oficial da banda para 2014 quanto nos clipes, Rudd não aparece.

A banda já deu uma declaração dizendo que os problemas do cara não irão atrapalhar a divulgação do álbum e seus shows.

Compartilhar