U2 se apresenta no programa de Jools Holland
   

bono-vox

Bono pediu recentemente desculpas pela forma como o novo álbum do U2 foi lançado, durante entrevista feita com fãs na página oficial do grupo no Facebook. Porém o músico voltou atrás em relação ao assunto.

Na última semana, o vocalista da banda participou de uma conferência realizada em Dublin, onde concedeu uma entrevista ao jornalista David Carr. Durante o bate papo, Bono declarou que a liberação gratuita do álbum na biblioteca dos usuários do iTunes foi uma das coisas de maior orgulho para eles.

Nós sempre quisemos que nossas músicas fossem ouvidas, e a ideia de que poderíamos ter trabalhado por anos e anos no que achamos que são as músicas mais pessoais já escritas – e você tem que se tornar muito cru para escrever isso – somente então para eles talvez não ter ouvido seja aterrorizante. Então ficamos apenas entusiasmados de ter a chance de introduzi-las a pessoas que não eram fãs de ouvir rock, ou pessoas que ouvem Bhangra na índia, ou tanto faz, em qualquer parte do mundo.” – disse Bono, que ainda complementou:

100 milhões de pessoas checaram o material e ouviram duas ou três músicas. E 30 milhões de pessoas realmente ouviram o álbum na íntegra. Então nós fizemos em três semanas com Songs Of Innocence o que levamos 30 anos com The Joshua Tree.

(Leia: Bono revela problema de saúde que o obriga a usar óculos de Sol o tempo todo)

Durante a conferência, outro assunto que ele também ressaltou foram as diversas críticas recebidas pela banda ter disponibilizado as músicas novas gratuitamente.

Nós fomos pagos. Ninguém valoriza a música mais do que eu ou os membros do U2. Para nós, a música é um sacramento. É uma coisa sagrada. Eu acho que os artistas deveriam ser pagos mais do que costumam ser, mas a melhor forma de servir suas músicas é levá-las até os ouvidos. Eu fui bem pago. 

No meio de diversas posturas confusas, Bono também saiu em defesa aos serviços de streaming Spotify, alegando que o mesmo faz parte de um “período experimental”.

Em entrevista para o programa Fantástico, da Rede Globo, que foi ao ar na noite de ontem, Bono fez uma comparação para explicar o que o grupo quis fazer com o lançamento de seu novo disco:

A gente agiu como um leiteiro, que iria deixar uma garrafa de leite na porta de todas as pessoas, sem que elas soubessem, como surpresa. Mas algumas garrafas foram colocadas em cima da mesa, ou dentro da geladeira, e algumas pessoas são intolerantes à lactose.

Fonte: Stereogum

 

NOVO ÁLBUM DO U2

Songs Of Innocence, novo álbum do U2, foi lançado de surpresa no dia 09 de Setembro durante um evento de lançamento do iPhone 6. Já a versão física do material foi disponibilizada no dia 30 do mesmo mês em vinil (com um objetivo secundário), e em 14 de Outubro nos demais formatos.