Slash estreia série de perguntas e respostas no Youtube

O guitarrista Slash se declara “sóbrio”, ou livre da dependência de álcool e drogas, desde 2006, mas antes disso a sua vida foi cercada por essas substâncias a ponto de Tom Zutaut, empresário que levou o Guns N’ Roses para a gravadora Geffen, dizer que tinha medo de ligar o rádio um dia e descobrir que o músico havia morrido de overdose.

Durante entrevista para a BBC Radio 6 Music, Slash falou a respeito disso e confirmou que a primeira vez em que subiu ao palco sóbrio foi quando estava em uma clínica de reabilitação, justamente no período que antecedeu o segundo disco do Velvet Revolver, Libertad (2007):

Bom, eu não iria morrer. Há um pouco de verdade no que ele disse, e eu cheguei ao ponto em que, finalmente, era algo como, “OK, não vou chegar a lugar nenhum, então preciso resolver isso.” Eu não tinha nenhum desejo de morte, mas levava tudo ao extremo e não me importava.

Eu acho que o único momento em que fiquei meio nervoso foi na reabilitação, quando o Velvet fez uma turnê rápida pela Califórnia. Então eu deixei a reabilitação e fiz essa turnê, e foi a primeira vez em que toquei sóbrio – em toda minha vida. (risos) Foi uma viagem e eu estava tremendo, mas você supera rapidamente. Porque você está ligado no momento, você não pode sentar lá e pensar, “Oh meu Deus, não vou conseguir.” Você tem que fazer. Então eu superei rapidamente.

Você pode ouvir a entrevista, onde Slash ainda fala sobre Led Zeppelin, Jimi Hendrix, The Doors e mais, logo abaixo.

 
Nosso site utiliza de cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços. Consulte nossa Política.