gerard-way-nme-britpop

Conforme te contamos por aqui, Gerard Way, ex líder do My Chemical Romance, anunciou um álbum solo. O trabalho virá sob o título Hesitant Alien e já conta com uma faixa pronta pra audição, “Action Cat”, disponível ao final deste post.

Já tendo dito que o registro revelará fortes influências do britpop, Way, em novo trecho disponibilizado pela NME de uma recente entrevista, confessa que mirou em artistas como Nick Cave, Morrissey, Brian Eno, David Bowie, Bjork e PJ Harvey, entre outros, como inspirações para o disco. Ele também revelou que o álbum não será, de forma alguma, conceitual.

Em relação à recepção do público, Gerard Way diz não ligar para números e que o material é fruto de uma pessoa que “decidiu sobreviver à provar algo aos outros.”

Além disso, o cantor se posicionou acerca dos motivos do final da banda que o consagrou e garantiu que o término ocorreu de maneira natural e, até certo ponto, planejada: ele não imaginava um futuro pós The Black Parade (2006), o terceiro disco de estúdio dos norte-americanos. Segundo Way, todos os álbuns foram bem pensados, comentando que criava títulos para os próximos discos antes mesmo de terminar seus antecessores.

Vale lembrar que a banda ainda lançou o álbum Danger Days: The True Lives of the Fabulous Killjoys em 2010 e chegou a excursionar em função do disco.

Para maiores detalhes, clique nesse link e confira o vídeo da entrevista para a NME na íntegra.