Conor Oberst: Fã assume que mentiu sobre as acusações de estupro
 

Conor Oberst: Fã assume que mentiu sobre as acusações de estupro

Em Dezembro de 2013, uma fã chamada Joanie Faircloth postou comentários em um site nos quais acusava Conor Oberst de ter a estuprado há dez anos. O músico, desde então, nega veementemente o crime e processou a suposta vítima em um milhão de dólares por calúnia e difamação. Agora, Faircloth divulgou uma nota oficial pedindo desculpas e assumindo que as acusações eram completamente falsas:

As afirmações que fiz e compartilhei on-line e em outros lugares ao longo dos últimos seis meses acusando Conor Oberst de me estuprar são 100% falsas. Eu inventei essas mentiras sobre ele para chamar a atenção enquanto estava passando por um período difícil na minha vida e tentando lidar com a doença do meu filho. Retrato publicamente minhas declarações sobre Conor Oberst e, sinceramente, peço desculpas a ele, sua família e seus fãs por escrever tais coisas terríveis. Percebo que minhas ações foram erradas e poderiam minar as denúncias de vítimas reais de agressão sexual e por isso eu também me desculpo. Eu realmente sinto muito por toda a dor que causei.

Recentemente, foi revelado que as acusações causaram um grande impacto negativo e acabaram influenciando nas vendas do excelente Upside Down Mountain, novo disco do artista.