josh-homme-acústico-em-londres (10)

Foto por Thanira Rates

Como você viu aqui no Tenho Mais Discos Que Amigos!, o Queens Of The Stone Age irá promover uma festa especial de Halloween em 31 de Outubro para celebrar o fim da turnê do disco …Like Clockwork.

O evento que acontecerá em Los Angeles terá uma série de convidados especiais como a banda The Kills e o grupo de dançarinas do Suicide Girls, além de tradicionais concursos de fantasias, casa do terror e exposições.

Josh Homme, líder do grupo, conversou com o pessoal do site Crave Online e não apenas falou a respeito da festa, mas também do futuro do grupo e de outros projetos como o Them Crooked Vultures.

Logo abaixo você pode ler alguns trechos da entrevista.

Sobre a festa

queens-of-the-stone-age-halloween

Eu acho que as pessoas não irão conseguir aproveitar tudo. Para mim, é meio que a ideia – que você vai conseguir aproveitar alguma coisa. E você vai pensar “Wow, se eu não estivesse ali pegando uma bebida ou se não fosse até a casa do terror…” Você sabe quem é o Blackout? Eles se tornaram famosos no mundo todo porque desde o começo, antes mesmo de entrar no prédio, as pessoas estão morrendo de medo. As pessoas ficam na fila tipo, “não, não vou fazer isso.” É como uma montanha russa.

Você assina uma declaração dizendo que abdica de alguns direitos. Nos antigos, os primeiros que eles fizeram, colocavam um saco plástico na sua cabeça. Você tirava seus sapatos, eles colocavam um saco na sua cabeça e aí começava. Essa casa vai rolar durante a noite toda.

Nota do editor: você pode ler, em Inglês, a assustadora “resenha” da Blackout feita por alguém que passou por uma de suas instalações em Nova York clicando aqui.

 

Músicas novas

Essa turnê durou mais do que a gente esperava (risos)… ou do que planejamos. É uma coisa boa, mas também é tipo, “ok, precisamos parar.” E isso torna o Halloween uma verdadeira celebração, porque tem meio que uma conotação de comemoração para ele. E também significa que poderemos descansar, e entrar no estúdio. Temos muitas músicas. Há muitas músicas novas.

Algumas músicas não se encaixavam no último álbum, elas eram muito alegres.

 

Them Crooked Vultures

Tudo que sei é que eu sei que todos queremos voltar a tocar. Eu sei que nós quatro, incluindo Alain Johannes, adoraríamos fazer algo novamente. E o Vultures é o tipo de coisa que precisa nos surpreender, como banda, assim como foi da última vez. E vai aparecer um momento, tipo “Chegou a hora, caras!” – e precisa ser assim, ou a banda terá o cheiro do desespero. Precisa ser natural, e todos queremos. Então estamos apenas esperando para que a natureza siga seu curso.

 

Entrevista

Você pode ler a entrevista na íntegra clicando aqui.