ouça-nova-musica-de-bobby-womack
 

bobby-womack

O lendário cantor de soul music Bobby Womack morreu no último dia 27, aos 70 anos de idade. O falecimento foi anunciado pela XL Recordings, gravadora de Womack. A causa da morte ainda não foi confirmada.

Nascido em 1944, Bobby começou cedo sua carreira. Aos 8 anos de idade, o músico criou uma banda junto do resto de sua família, intitulada Curtis Womack and the Womack Brothers. Quando completou 10 anos, o cantor lançou o primeiro single com o grupo, “Buffalo Bill”, ao mesmo tempo em que começava a atrair vários fãs da comunidade Gospel. Por volta de 1962, o grupo mudou o nome para The Valentinos e alcançou sucesso pelos Estados Unidos, emplacando singles na Billboard e abrindo shows de cantores como James Brown.

Em 1965, após a morte de Sam Cooke, pessoa que descobriu a banda e ajudou-os a chegar no topo das listas, Bobby resolveu partir em carreira solo. Sua saída também foi motivada após ocorrerem diversas polêmicas, como o cantor ter se casado com a viúva de Cooke três meses após a morte do empresário.

Como cantor solo, Womack lançou vários singles e se consagrou como um dos melhores músicos de soul que já existiram. Nos últimos tempos, o músico vinha trabalhando com diversos artistas, como Gorillaz e Lana Del Rey. Em 2009, Bobby foi induzido ao Hall da Fama do Rock and Roll.

Recentemente, Bobby lançou um álbum intitulado The Bravest Man in the Universe (2012), produzido por Damon Albarn e Richard Russel. Womack estava no processo de gravação de um novo disco, o qual contaria com participações de artistas como Stevie Wonder, Snoop Dogg e Rod Stewart e se chamaria The Best Is Yet to Come.

Em 2012, o cantor havia superado um câncer de cólon que vinha combatendo há tempos. Porém, ano passado, Bobby anunciou que sofria de Alzheimer e às vezes não se lembrava nem de suas próprias músicas.

 
Compartilhar