Alexandre Bezzi

Olá, para quem não me conhece, meu nome é Alexandre Bezzi (mas desde os nove anos de idade só me chamam de Bezzi) e começo meu ciclo de colunas semanais por aqui dando ênfase aos remixes e reedits. Escrevo sobre música e atuo como DJ há mais de quinze anos.  Quando tenho tempo ministro cursos e workshops ligados a music branding e à arte de discotecar.

Os remixes nem sempre foram ouvidos de maneira positiva. Os fãs mais xiitas de determinados artistas costumavam execrar a arte de mudar o tempo e levada de uma faixa já consagrada. Nem todo remix precisa ser dançante ou ser produzido visando a pista de uma boate lotada. Dos anos 80 pra cá, muita coisa mudou. Antigamente as versões estendidas eram populares e feitas, literalmente, na unha. Os DJs e produtores penavam para dar uma batida extra e aumentar a duração das músicas para serem atraentes para as rádios e clubes. Tudo era feito na base da gilete com a fita de rolo.

Depois de alguns anos, softwares como o Acid, Reason, Logic e o festejado Ableton, criaram um mundo de possibilidades para novos produtores que não tinham familiaridade com as mesas de som e mídias analógicas. Após a década de 90, uma enxurrada de remixes povoou as paradas de sucesso, lojas de disco e ficou impossível uma faixa de sucesso não ter mais de duas ou quatro versões rodando por aí. Muita coisa genial foi feita, assim como outras versões nada memoráveis.

Aproveitando a proximidade do Lollapalooza, garimpei remixes da Lorde e Nine Inch Nails. Também tem um bem sombrio para o Portishead, em clima de revival do trip hop.

nine-inch-nails-large-msg-11965324114

Nine Inch Nails – Running (Cold Cave Remix)

A banda de synthpop experimental capitaneada por Wesley Eisold deu uma roupagem indie ao single do último trabalho de Trent Reznor. Pode funcionar bem numa pista que não curte climinhas felizes.

 

lorde-cred-james-k-lowe-650-430

Lorde – Royals (F82 Remix)

O produtor Fatu deu um perfume dançante à melancolia da nova diva indie. Batidas suaves são intercaladas a um clima house sedutor nesta ótima versão.

[soundcloud url=”https://api.soundcloud.com/tracks/134804283″ params=”auto_play=false&hide_related=false&visual=true” width=”100%” height=”300″ iframe=”true” /]

Portishead+PNG

Portishead – Over (Rogério Real Reedit)

Um dos DJs veteranos e figura carimbada da cena indie paulista mostra sua veia “remixer” dando um toque ainda mais obscuro à tristeza do Portishead. Lembrando que ele toca neste sábado na festa Freedom 90´s no Neu Club.  Essa edição será dedicada ao grunge, Nirvana, Soundgarden e outras bandas bacanas da época.

[soundcloud url=”https://api.soundcloud.com/tracks/45307381″ params=”auto_play=false&hide_related=false&visual=true” width=”100%” height=”300″ iframe=”true” /]

Antes de me despedir, queria convidar a todos a conhecer meu curso na Beatmasters que leva o mesmo nome desta coluna. Nele, ensino prática e teoria sobre como surpreender a pista misturando estilos numa discotecagem.  Se você é um fã de indie e eletrônica entre em contato com info@beatmasters.com.br e saiba mais.