Manoca Barreto

O músico potiguar João Barreto de Medeiros Filho, ou Manoca Barreto, como era conhecido,  foi encontrado morto ontem (25/11) em sua casa em Natal (RN). A causa de sua morte ainda é desconhecida. Manoca tinha 49 anos e era compositor, arranjador, guitarrista, além de lecionar na Escola de Música da UFRN. A Escola, inclusive, decretou três dias de luto em sua homenagem.

Manoca é um dos maiores instrumentistas do Rio Grande do Norte, além de mestre em música pela Unicamp. Neste ano ele foi indicado ao prêmio Hangar de melhor instrumentista e melhor CD por O Som Que Vem. Ele seria atração do 1º Festival Natal Instrumental.

Barreto deixa a esposa Maria Helena Guerra Maranhão Barreto.

Fonte: Jornal de Hoje