Michael-Jackson-Zombie

Michael Jackson zumbi

Todo mundo está acostumado a ver a versão zumbi de Michael Jackson no clipe de Thriller ou no seu jardim do Plants vs. Zombies, certo? Mas você acreditaria no depoimento de um fantasma em um tribunal?

Pois é, nesta semana o processo que a família do rei do pop move contra a AEG Live tomou um rumo diferente quando uma amiga da ex-esposa de Lionel Richie apareceu como testemunha do julgamento. De acordo com o New York Post, Randy Phillips, CEO da AEG Live, testemunhou conversas de Brenda Richie com o espírito de Michael Jackson. Em uma dessas conversas, o rei do pop teria dito que se matou “acidentalmente”, inocentando assim toda a AEG Live e o Dr. Conrad Murray.

Brenda me chamou pra dizer que estava falando com Michael por meio de um medium. Ela disse que Michael disse a ela que não era culpa do Dr. Murray, que tinha se matado acidentalmente, explicou Phillips no tribunal.

A família de Jackson alega que a AEG Live foi negligente quando contratou o Dr. Conrad Murray, que deu ao cantor a overdose de propofol sedativo que levou à sua morte. Murray foi preso em 2011 depois de ter sido condenado por homicídio culposo. Jackson morreu três semanas antes do início de sua série de shows em Londres e sua mãe Katherine Jackson acredita que os ensaios para a turnê foram muito difíceis. O julgamento começou em 29 de abril e deve continuar pelos próximos três meses.

E você? Daria ouvidos a um fantasma em um julgamento?