Planet Hemp

Planet Hemp no Lollapalooza Brasil 2013

O último show de 2013 no palco Butantã ficou por conta do headliner brasileiro, o Planet Hemp.

Culminando uma turnê de reunião dos caras iniciada em 2012 e que pode ter chegado ao fim no Lollapalooza, Marcelo D2, Bnegão, Rafael Crespo, Formigão e companhia resolveram começar o show com dois vídeos nos telões.

O primeiro deles trazia o caricato Away falando sobre a legalização da maconha e como a droga causa bem menos problemas do que o álcool, por exemplo. Ao estilo que o ex Hermes & Renato grava seus vídeos para o Canal Away, em uma bancada, ele mandou ver em seu discurso e antecipou mais outro.

Neste, que tinha cara de vídeo de instruções, uma moça mostrava o que deveria ser feito em relação à maconha no show e dizia que, em caso de fumaça, máscaras cairiam do teto. Uma máscara com um enorme “bong” conectado foi então mostrada.

Ao fim do vídeo o Planet Hemp subiu efetivamente ao palco e começou com tudo, tocando “Legalize Já” logo de cara para iniciar o “1° ato” do show, baseado no disco Usuário.

O público foi à loucura e os vocalistas da banda pareciam bem à vontade, empolgados ao cantarem as letras a favor da maconha e também se abraçando a todo momento.

Desde o início da turnê de reunião os shows da banda têm sido feitos de forma cronológica, divididos em atos e seguindo a sequência dos álbuns de estúdio da banda. Dessa forma, logo na sequência vieram “Dig Dig Dig (Hempa)”, “Fazendo A Cabeça”, “Phunky Buddha” e “Maryjane”.

Rodas de pogo se formaram, o clima de nostalgia foi instalado e a banda continuou a passear por sua carreira com sons como “Zerovinteum”, “Queimando Tudo” e “Quem Tem Seda?”, antes de sons ligados ao hardcore.

A banda fez menções a artistas como Chorão e Chico Science e também aos “irmãos que foram expulsos do Museu do Índio no Rio”, além de engrossar o coro contra o deputado Marco Feliciano.

À medida que o show ia chegando ao fim e ao último ato, boa parte do público se dirigia ao palco Cidade Jardim para ver o Pearl Jam, mas quem esteve ali pôde assistir ao show de uma das mais importantes bandas da história do rock nacional que mostrou como os Anos 90 foram prolíficos para o estilo aqui no Brasil, algo que hoje em dia está bem longe de acontecer.

[nggallery id=25]

Ouça o novo álbum do Melim!