Phil Anselmo fala sobre o assassinato do guitarrista do Pantera: poderia ser qualquer um de nós
 

Phil Anselmo sobre o assassinato do guitarrista do Pantera: "poderia ser qualquer um de nós"

Foi em 2004 que um fã interrompeu a apresentação do Damageplan e pois fim a vida de Dimebag Darrel. O rapaz estava inconformado coma separação do Pantera e culpava o guitarrista pelo término do grupo. Ele então invadiu o palco onde Dimebag se apresentava com seu outro grupo e o assassinou.

Apesar de já ter se passado quase 10 anos desde o ocorrido, Phil Anselmo, companheiro de Dimebag no Pantera, ainda tem que responder perguntas sobre o assunto. Mas, em uma entrevista recente publicada na Noisecreep, ele fez uma revelação relacionada ao fato.

Ele contou que, na época do assassinato de Dimebag, a polícia que cuidou do caso entrou em contato com ele. A casa do assassino foi investigada e eles acharam vestígios que indicavam que todos os integrantes do Pantera eram alvos potenciais do atirador.

Um policial me disse que naquela noite (quando Dimenag foi morto) se o Superjoint Ritual, ou o Down, ou qualquer banda que eu fazia parte estivessem tocando, eu com certeza seria um dos alvos, explicou

Em notícias relacionadas, mas menos sinistras, Phil Anselmo produziu recentemente o novo álbum do Warbeast, Destroy, que será lançado no próximo mês. Uma das faixas do disco já está disponível e você pode ouvir aqui.