Brasil ganha franquia da Escola de Rock
 

Brasil ganha franquia da Escola de Rock

A franquia de escolas que inspirou o filme School of Rock, do diretor Richard Linklater, instalou uma unidade no país, mais precisamente em São Caetano do Sul, no ABC Paulista. Apesar de ter começado a operar em Novembro, a inauguração oficial acontece no dia 23 de Março, com apresentações que vão de The Beatles a AC/DC. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.

A ideia de trazer a escola para o Brasil foi de quatro sócios: o professor de música Ricardo Fernandes, o dentista Ricardo Muniz e os engenheiros e também músicos nas horas vagas, Andre Munari e Marcelo Federici.

Diferente das escolas tradicionais de música, na Escola de Rock o aluno não fica preso em teorias, o foco é aprender a tocar com uma banda. De acordo com Fernandes, “a ideia é que os alunos se sintam o mais próximo de um show de verdade”.

Com 50 alunos matriculados, a escola é cercada por colégios, escolas de idiomas e próxima do shopping da cidade. Segundo os sócios, outras unidades serão abertas no país. Em Moema, por exemplo, existe um grupo interessado na franquia.

O ensino é baseado no rock clássico, podendo ser incluídas sugestões dos alunos e também do rock nacional, desde que passem por uma avaliação. As aulas custam entre R$ 160 e R$ 300 por mês. O foco são alunos entre 7 e 18 anos, porém há cursos para adultos e estão em fase de testes as aulas para crianças a partir dos 3 anos.

O FILME

Lançado em 2003, Escola de Rock, de Richard Linklater, conta a história do músico Dewey Finn, interpretado por Jack Black. Após ser demitido de sua banda e cheio de dívidas, Finn aceita dar aulas como professor substituto em um rígido colégio. Logo as aulas vão se transformando até que ele monta uma banda com alguns alunos, sem  que seus pais saibam.