Axl Rose

Sabe quando você acredita tanto em uma coisa que poderia desistir de oportunidades tentadoras por isso?

Pois bem, um tal de Axl Rose fez isso com a sua banda, o Guns N’ Roses, quando a mesma ainda nem estava em uma gravadora.

De acordo com o músico e produtor Kim Fowley, que trabalhou com gente como KISS, Alice Cooper e The Runaways, Axl Rose recusou uma mala que tinha 50 mil dólares para deixar a sua banda pois acreditava que ela valia muito mais que isso:

Eu trabalhava com um empresário rico de uma banda difícil que tinha problemas com drogas e álcool. Ele disse: “Eu não sei o que acontece com essa banda em que estou investindo. Algo me diz que esses caras não irão dar certo. Você conhece alguém que seja estranho e difícil, mas possivelmente consiga chegar a discos de platina?”

Fowley então recomendou Axl Rose para o empresário e marcou uma reunião entre os dois. Nela, Axl recusou uma mala que tinha, literalmente, 50 mil dólares dentro.

Axl disse, “Com todo o respeito, senhor, seja lá quem for – isso não é o suficiente para o Guns N’ Roses. Seremos maiores que isso. É só questão de tempo. Eu vou dizer não de forma educada e vou embora, pois vou fazer muito mais dinheiro que isso com os meus caras em nosso primeiro contrato.”

Diz a lenda que o Guns N’ Roses recebeu 75 mil dólares da Geffen em seu primeiro contrato.

Fonte: NME

Axl Rose e o Guns N’ Roses

Não seria preciso lembrar, mas a banda em que Axl acreditava tornou-se um dos maiores nomes do rock de todos os tempos.

Com clássicos como “Sweet Child O’ Mine”, “Welcome To The Jungle”, “November Rain” e “Patience”, a banda praticamente dominou todas as vitrolas e rádios do final dos anos 80 e começo dos anos 90 e arrastou uma multidão que ia a seus shows e comprava seus discos.

Fica a dica.