Paul Gray

Em 24 de Maio de 2010, Paul Gray, então baixista do Slipknot, foi encontrado morto em um quarto do hotel TownePlace Suites, em Johnston, Iowa. Em Junho daquele ano os resultados da autópsia concluíram que a causa da morte foi uma overdose acidental de morfina e fentanyl, ambos analgésicos extremamente fortes.

Justamente por ter receitado altas doses de substâncias tão poderosas e perigosas a alguém que acabou morrendo por causa disso, o médico do saudoso músico, Daniel Baldi, está sendo acusado de homicídio culposo (sem intenção de matar).

O advogado de Baldi diz que ele é inocente, mas para piorar sua situação, além de Paul Gray, outros sete (!) de seus pacientes também morreram devido a problemas semelhantes, o que fez com que oito acusações fossem feitas contra o médico.

Se condenado, Daniel Baldi pode pegar até dezesseis anos de prisão.

Fonte: Metal Sucks