Chico Buarque lança caixa com 22 discos mais um CD triplo com raridades
Assista ao novo clipe de Bruno Chelles, Camila Zasoul e Natalhão!  

Chico Buarque lança caixa com 22 discos incluindo CD triplo com raridades

Se você tem 21 amigos, nenhum disco e gosta de Chico Buarque, o músico te dá a chance de poder dizer com orgulho o nome desse site: Tenho Mais Discos Que Amigos!.

Buarque e a Universal Music acabam de lançar a caixa De Todas as Maneiras, que conta com os 21 primeiros discos da carreira do artistas mais um disco triplo intitulado Umas e Outras, que vem com rarirades e uma gravação inédita de “Jorge Maravilha”.

A caixa abrange a discografia de Chico entre 1966 e 1986 e marca os 10 anos de lançamento de Construção, outra caixa com álbuns da mesma época.

“Vínhamos recebendo muitos pedidos para a reposição da caixa, mas foram necessárias adaptações do material gráfico para nosso padrão mais recente, além da utilização de uma masterização mais compatível com os dias de hoje. Nossos técnicos optaram por trabalhar, então, com a linda masterização de 2006. Assim, nasceu a vontade de se fazer a nova caixa, com novos textos, um outro olhar e um CD-­bônus remodelado”, explica Alice Soares, que gerencia o catálogo nacional da Universal Music, responsável pela coordenação do projeto.

Abaixo você confere a lista dos discos que estão em De Todas as Maneiras:

Chico Buarque de Hollanda – Volume 1, de 1966;
Chico Buarque de Hollanda – Volume 2, de 1967;
Chico Buarque de Hollanda – Volume 3, de 1968;
Chico Buarque de Hollanda – Nº 4, de 1970;
Construção, de 1971;
Quando o Carnaval Chegar, de 1972;
Caetano e Chico – Juntos e ao vivo, de 1972;
Calabar – O elogio da traição, de1973;
Sinal fechado, de1974;
Chico Buarque & Maria Bethânia – Ao Vivo, de 1975;
Meus caros amigos, de 1976;
Os Saltimbancos, de 1977;
Chico Buarque, de 1978;
Ópera do Malandro, de 1979;
Vida, de 1980;
Os saltimbancos Trapalhões, de 1981;
Almanaque, de 1981;
Chico Buarque en español, de 1982;
Chico Buarque, de 1984;
Malandro, de 1985 e
Ópera do Malandro, de 1986.

Umas e Outras, disco triplo já mencionado, conta com faixas de trilhas sonoras, compactos, participações em discos de outros artistas, registros ao vivo e projetos especiais. Tudo isso entre 1967 e 1985. O destaque desse disco é a já citada faixa “Jorge Maravilha”, uma gravação inédita, sobra do álbum Sinal Fechado.

Aproveitando, Chico Buarque acaba de lançar o CD ao vivo Na Carreira, um disco duplo que registra 30 canções que o músico executou durante sua última turnê pelo Brasil. Clássicos como “Todo Sentimento”, “Bastidores”, “Baioque”, “O meu amor/Teresinha”, “Anos Dourados” estão entre as faixas.