Mick: The Wild Life and Mad Genius of Jagger
 

Mick: The Wild Life and Mad Genius of Jagger

Christopher Andersen é um polêmico biógrafo que já escreveu sobre Madonna, Michael Jackson, Jacqueline Kennedy e a princesa Diana. Em todos os casos, polêmicas rondaram as histórias contadas nos livros.

Autor da biografia não autorizada de Mick Jagger, Mick: The Wild Life and Mad Genius of Jagger, nela revela que Jagger era sexualmente obcecado por David Bowie. O caso entre os dois é relatado em várias das quase 400 páginas do livro. Narra, inclusive, como os dois se conheceram.

Num trecho do livro, Christopher Andersen escreve:

Mick Jagger e David Bowie estavam fascinados um pelo outro, como artistas e como homens. Jagger era quatro anos mais velho que Bowie, e Bowie era a nova estrela em alta.

E mais, que os dois foram pegos na cama pela ex-mulher de Bowie. O fato teria acontecido em 1973.

Baseado em entrevistas com amigos, familiares, colegas, lendas da música e da indústria musical, bem como as esposas de Jagger, o livro expõe os detalhes íntimos da vida do rockstar. As aventuras sexuais com mais de quatro mil mulheres, seus laços com a família real, o relacionamento com os outros membros da banda e anos de abuso de drogas são alguns dos temas abordados.

Mick: The Wild Life and Mad Genius of Jagger foi lançado este mês pela editora Simon & Schuster Export. Por enquanto não há informações sobre lançamento no Brasil.