Cabelo emo pode prejudicar visão

Cabelo emo pode prejudicar visão

Sabe aquele cabelo caído no rosto, que quase simula o visual do Primo Itch, da Família Adams? Ele virou febre para os adolescentes – principalmente para os que curtem o gênero emocore. No entanto, o penteado pode atrair problemas para saúde, como aponta o médico australiano Andrew Hogan.

Hogan diz que os cortes de cabelo que incluem franjas pesadas em cima do rosto podem levar à síndrome do olho preguiçoso. Em uma entrevista ao site australiano The Mercury, o médico pontua que: “Se um jovem tem uma franja cobrindo um dos olhos o tempo todo, ele não conseguirá ver muitos detalhes. E se isso acontecer durante a juventude, o olho pode se tornar um amblyotic”.

Amblyotic é o termo médico usado para descrever a síndrome do olho preguiçoso. Estima-se que a idade mais vulnerável para o desenvolvimento da visão é desde o nascimento até os sete anos. Entretanto, uma nova pesquisa tem sugerido que a visão ainda pode ser afetada depois desta idade.

Outros médicos, porém, afirmam que essas constatações não são certas. “A história só seria verdade se alguém bastante jovem nunca tivesse colocado esse olho para fora ou se ele estivesse bloqueado. Sem privação constante dos olhos, essa afirmação é falsa”.

O Tokio Hotel é uma das referências do estilo para os adolescentes, ouça abaixo:

NOTÍCIAS MAIS QUENTES no RESUMO DA SEMANA

Fique por dentro das notícias mais quentes do mundo da música, bem como dos lançamentos nacionais, ouvindo o Resumo da Semana, programa do Podcast Tenho Mais Discos Que Amigos!

 

Compartilhar