Kyuss Lives!

Kyuss Lives!

E as coisas não andam bem entre os membros originais do Kyuss e a mais recente formação da banda, o Kyuss Lives!

Os antigos membros da banda, Josh Homme (Queens Of The Stone Age) e Scott Reeder, se viram “obrigados” a entrar com um processo contra John Garcia e Brant Bjork depois que descobriram que eles haviam entrado com um processo em 2011 para garantir os direitos do nome “Kyuss”.

Segundo Homme e Reeder, vários encontros amigáveis foram feitos quando a banda decidiu sair em turnê com o novo nome e sem a presença de Homme, que apoiou completamente a empreitada. Reeder não só apoiou como inclusive tocou com a banda em alguns shows. Mas ao saber que os membros restantes estavam tentando roubar o nome para eles mesmos, a dupla não teve outra opção:

É uma droga. Pensar que a gente se encontrou em Janeiro só para ajudá-los com seu pedido de continuar com o Kyuss Lives! De braços abertos, nós fizemos de tudo para ajudá-los a continuar com a banda de maneira respeitosa. Só para descobrir que enquanto eles olhavam em nossos olhos, os empresários do Kyuss Lives! e a banda haviam entrado com um processo em 2011 para tentar roubar o nome Kyuss.

Isso é o que estávamos tentando evitar desesperadamente. É um triste dia para nós e para John – mas principalmente para os fãs. Que bagunça desnecessária.