Namorada Belga em turnê
   

Namorada Belga em turnê

A banda curitibana de pop-rock/indie Namorada Belga começou uma turnê que irá passar por diversas partes do Brasil durante todo o ano, conforme postamos aqui.

Os caras estão relatando através de textos e fotos da “Ahora Quiero Viajar Tour”  e nos mandando um diário de turnê, que postaremos aqui no TMDQA! à medida que ela for se desenrolando.

Confira logo abaixo a primeira edição e conheça o som da banda!

Quer mesmo saber como é cair na estrada em banda?

Se você excursionou durante o tempo de escola, já dá pra ter uma ideia. Pelo menos a minha parte favorita do passeio era o ônibus. A bagunça, lembra? A diferença é que agora ninguém mais rouba pão nem encontra a barata da vizinha toda vez que chega em casa. E o melhor de tudo: não tem professora. Mas tem produtor, pra nos lembrar que somos adultos.

Enfim, nem tudo é “mamão no mel, algodão doce azul” como canta Seu Jorge. Estamos acordados desde as 7 da manhã – madrugada dos músicos – sendo que ainda hoje tocaremos em São José do Rio Preto (23h) e São Carlos (3h), sem contar amanhã em São José dos Campos (18h). Pouco sono, muito trabalho.

Falando nisso, é bom que você saiba, boa parte dos músicos independentes veste terno e gravata no horário comercial. Na Namorada Belga somos publicitários, designer, engenheiro e médico. Antes da turnê, portanto, vem a licença do trabalho. E é aí que eu me pergunto: patrão sonha?

Um dos guitarristas teve que ficar pra bater ponto em Curitiba e, se a TAM quiser, pousará em cima da hora do primeiro show. Se vale a pena o esforço? Vamos descobrir juntos. Leia o próximo post.

Namorada Belga em turnê Namorada Belga em turnê

Sold Out

Celular de músico é uma desgraça. Vive desligado. A última notícia que recebemos do Edu Karas foi no facebook: “Pane geral no sistema de check-in da TAM.” E agora? Na minha cabeça só passava a filosofia Mamonas Assassinas, “se dá chuva de Xuxa no meu colo cai Pelé.” Mas a sorte parece gostar de viagens.

O Edu já estava nos esperando na porta do aeroporto e em dez minutos chegamos no bar Territorium Butiquim, localizado em frente ao lago da cidade. Bonito e com um clima agradável. Lá, fomos recebidos pela galera da banda Contos de Réis, que nos ajudou a carregar os equipamentos, passar o som e esvaziar alguns copos de cerveja. Aos poucos, o bar foi enchendo até ficar completamente lotado. Coincidiu que o primeiro show da “Ahora Quiero Viajar Tour 2012” foi também o primeiro sold out da casa. Calcule a nossa felicidade.

Entramos na van e fomos direto pra São Carlos, tocar na festa do centro acadêmico da USP (CAASO). Chegamos lá por volta das 3 da manhã, para encarar um público ainda maior. Se no bar Territorium grande parte do pessoal assistia ao show sentado, na USP muitos mal conseguiam parar em pé. Foi divertidíssimo, agitado do começo ao fim. A Namorada Belga já tinha tocado no mesmo lugar em 2011, então a platéia sabia cantar nossas músicas próprias. O show terminou às 5h. Chegamos na “Casa do Coelho” (apartamento dos organizadores da festa – tem esse nome por causa de um coelho preto de estimação chamado Cachorro) por volta das 6h, e até tomar banho e ir dormir já era praticamente hora de acordar.

Bom dia pra você que não dormiu

“Entre logo na van, temos que chegar em São José dos Campos daqui a pouco. Pararemos no GRAAL para comer, vocês tem 20 minutos. Não vai dar nem tempo pra passar o som. Agiliza.”

Eu estava sentado na janela o tempo todo. Deu pra ver que a cidade era convidativa, tranquila, bem estruturada. Mas a chuva fez lembrar Curitiba. Já no SESC, por volta das 17h30, tínhamos fãs esperando desde as 16h. Tivemos que passar o som ali mesmo e começar na seqüência. Seria um show menor, de 50 minutos, então decidimos tocar exatamente as dez músicas do disco. Até então vínhamos fazendo uma hora e meia de show, agregando partes instrumentais, citações a artistas que são nossas referências e até algumas versões de clássicos que todo mundo conhece. Deu tudo certo. O técnico de som tinha experiência e deixou o som redondo em poucos minutos. E tinha gente cantando todas as músicas da banda.

Namorada Belga em tour

Vamos falar um pouco da formação da Namorada Belga. Os guitarristas são Edu Karas e Allan Falcone, dupla conhecida como “Eduzera” e “Allanzera”. O baixista, Eduardo Rosa, também ilustrador oficial da banda, tendo criado o flyer da turnê e as nossas camisetas. Baterista é o Eduardo Veiga. E aqui, quem vos escreve, Lucas Sfair, vocalista e percussionista ou trompetista em momentos chaves. Para a “Ahora Quiero Viajar Tour 2012”, escalamos o (esse, sim!) trompetista JP Branco, uma experiência excelente que todos queremos repetir. Aliás, o JP tem parentes em São José dos Campos, o que nos garantiu uma lasanha deliciosa no final da noite.

E, é claro, não podemos deixar de fora do elenco o amigo Pietro Formeton, que foi nosso terceiro guitarrista em São Carlos, além de dar uma palhinha com sua gaita em São José dos Campos e fotógrafo nas horas extras. E o produtor, cabeça da tour, meu querido amigo Heitor Medeiros Albuquerque Korndorfer “da Silva Sauro”… vai ter tanto sobrenome difícil assim na Casa do Coelho!

A volta pra Curitiba foi leve. Sensação de missão cumprida. Tempo de relaxar. Tudo virou piada, tocamos muito violão, até que o Veiga comprou um DVD do “Conan, o Bárbaro” na primeira parada. Chegamos em casa por volta das 4h30 da manhã, praticamente seis horas de volta. Tomei aqueeeele banho caseiro. Ainda assim deu tempo de abrir o facebook e conferir a galera falando sobre os shows (adicione a Namorada Belga).

Esse não é o fim. A “Ahora Quiero Viajar Tour 2012” continua até o fim do ano. Aguarde os próximos posts e, se você esteve presente em uma de nossas apresentações, não se esqueça de comentar.

Baixe nosso disco e compartilhe nosso clipe em www.namoradabelga.com ! Vamo aí !

Beijos e abraços,

Lucas Sfair