Na segunda-feira (06 de fevereiro) Mark Hoppus, do Blink-182, respondeu vários tipos de perguntas dos fãs no site Reddit.

Algumas dessas perguntas foram:

A música “Fighting the Gravity”é sobre o seu cabelo?
“Fighting the Gravity” é sobre uma noite há muito tempo atrás quando alguém colocou algo na minha bebida. Eu não tinha ideia do que estava acontecendo e pensava que estava morrendo. O mundo todo parecia malicioso e com raiva. Eu mal conseguia me mexer por causa da imensidão de atração da Terra. Entrei no carro da minha namorada e disse “por favor, apenas dirija”. No me gusta.

Vocês ainda mantêm contato com o Scott?
Eu não tenho falado com ele faz muito tempo.

Vindo de um dos caras que fizeram do pop-punk o que é hoje, qual é a sua opinião sobre o gênero hoje em dia?
Eu acho que precisa de um chute. Algo novo e corajoso o bastante para dar uma chacoalhada. A coisa toda parece estar segura e velha e formulada. Mas isso é o que eu acho.

É mais difícil se identificar com letras que foram escritas no começo da banda? Quero dizer, você já é pai há 10 anos.
Não. Quando eu canto “Dammit”, uma música escrita há mais de 15 anos, eu lembro do dia exato que escrevi, o que estava passando e o que significava para mim.

Com isso em mente, qual é a música mais difícil de se cantar por causa da história envolvendo ela?
“Adam’s Song”. Ela pode ser permanentemente aposentada do nosso setlist. Muito difícil.

Qual foi a coisa mais estranha que aconteceu desde que vocês voltaram?
Fico feliz em dizer que tudo está de boa desde que a banda voltou. Eu acho que a coisa mais estranha que tem acontecido é a nova touca do Tom. Ele a chama de o chapéu gótico do chef da pizza. Você sabe como ele é.

Quantas músicas não lançadas o Blink-182 tem? Vocês planejam lança-las?
Nenhuma da qual consigo lembrar. Nós lançamos todas quando terminamos de gravá-las e abandonamos as que não estavam dando certo durante o processo. Há várias ideias e demos que talvez possamos voltar. Tinha uma música no Neighborhoods chamada “Not For Real” que eu estavam fazendo e tive que matá-la. Gostaria de revisitar essa para o nosso próximo álbum.

Como que você se sentiu em relação ao Box Car Racer?
Estranho, traído, com ciúmes. Provavelmente mais do que eu deveria.

A pergunta ainda continua, se você se sentiu assim sobre esse projeto, porque você concordou em fazer backing vocals na “Elevator”, para ser honesto, os seus vocais fizeram a música.
A situação toda foi um saco. Mas cantei nessa porque no meu coração Tom e Travis são meus amigos. Tenho certeza que o Tom percebeu a tensão e me pediu como se estivesse oferecendo. Fiquei feliz por ter feito isso e que ele tenha me pedido.

Você ainda se sente assim quando o assunto é mencionado?
Não, não me sinto. Isso foi há muito tempo atrás.

Outras perguntas e comentários podem ser encontradas aqui.

AMAZON MUSIC UNLIMITED

Você pode ouvir esse e outros artistas no Amazon Music Unlimited. Clicando aqui, você ganha 3 meses para curtir o app de graça!

 

Compartilhar