Mais um notícia curiosa e preocupante, ou não, sobre ouvir música alta. Um estudo realizado pela
Universidade de Portsmouth, Inglaterra, concluiu que ouvir música muito alta induz as pessoas a
beberem mais álcool e em ritmo mais acelerado.

A pesquiza, liderada pelo Dr. Lorenzo Stafford, concluiu que as bebidas alcoólicas ficam
mais doces quando a música está muito alta e que este fator faz com que elas não notem
o quanto estão bebendo e a velocidade com que se bebe.

O estudo de Stafford testou em 80 colaboradores, que são bebedores regulares de alcool, entre
as idades de 18 e 28 anos. Foi aplicado um teste onde eles deveriam classificar uma série de bebidas como
Forte, doce e amarga e com música rolando durante o teste em diversos níveis de som. Foi então concluído
que quanto mais a música era alta, mais os colaboradores classificavam as bebidas como doce.
Afirma o Doutor que : ”Dado que os seres humanos têm uma preferência inata por doces, estes resultados
oferecem uma explicação plausível a respeito de porque as pessoas consomem mais álcool em ambientes barulhentos”.

Ouça o novo álbum do Melim!  
 
Compartilhar