Dance Of Days no Fire Hardcore Festival

Ocorreu neste domingo no espaço Victory, casa de show do já conhecido Sampa Music Fest, a primeira edição do Fire Hardcore Festival, um evento que juntou diversas bandas de hardcore do cenário underground, algumas com mais tempo de carreira, outras mais novas. Uma coisa legal do evento: Havia fliperamas no local! Isso mesmo! Apenas 1 real para jogar Street Fighters e outros jogos, o que gerou fila nas máquinas em certas horas, uma boa sacada. Não consegui chegar muito cedo ao local, mas puder conferir as bandas “finais” da noite. E não é que durante uma banda e outra, para quebrar a monotonia dos intervalos, subiam malucos que cuspiam fogo e faziam malabarismo com objetos em chamas…. FIRE HARCORE!

O Rancore acabou de lançar seu último disco, Seiva,  fazendo uma ótima turnê pelo Brasil para divulgá-lo, chegando a vez de se apresentarem no Fire Hardcore Festival. Teco tem um jeito contagiante de ser, pois foi sua função começar a empolgar o público no evento. As canções do novo disco foram bem recebidas, mas foi a faixa “Jeito Livre” que fez o Victory começar a pular.

O Dance Of Days é um velho conhecido do público. Agora um pouco mais calmo, Nenê Altro não pula e corre TANTO pelo palco como antigamente, mas continua com bastante energia e empolgando aqueles que realmente são fãs da banda. Com hits como “Se Estas Paredes Falassem“, a banda fez um setlist mostrando sons de suas diversas época. E não é que eles falaram que já estão trabalhando no próximo álbum? Vamos aguardar!

O Garage Fuzz é aquele grupo de santos que acabou sua turnê comemoração dos 20 anos de existência da banda no festival. Os santistas que cantam em inglês já pegaram o público animado do DOD, mas mostraram por que estão juntos todo esse tempo. É sempre bom ver uma banda assim, com disposição e caráter de sobra.

O Boom Boom Kid foi a única atração internacional do dia. Com seu hardcore diretamente da Argentina, o vocalista Nekro, anteriormente conhecido da banda Fun People, parecia empolgadíssimo por estar mais uma vez no Brasil. Seu hardcore rápido já é conhecido e pelo que parece tem muitos fãs por aqui, pois após o show, Nekro ficou zanzando pela pista tirando foto com diversos fãs. Um clássico headbanger do hardcore com seus longos dreads.

O Medellin, grupo paralelo de Badaui, Hospede, Pablo, Tadeu e Carioca, era o mais novo da noite, formado em 2009, porém com grandes nomes do hardcore nacional. Com letras mais pesadas, Badaui, que chegou um pouco atrasado ao local, teve folego para levantar a galera presente, que se aglomerava na frente do palco. Letras rápidas e de fácil apego, eram cantadas por todos, seguindo as guitarras eletrizante de Hospede e Pablo. “Eu quero ver isso aqui pegar fogo” gritava Badaui antes de começar uma música. Eu que não conhecia o grupo gostei bastante, irei atrás sem dúvida.

O Dead Fish, última banda da noite, subiu ao palco e os gritos já começaram. “Ei Dead Fish, vai tomar no c*!” É como a banda costuma ser recebida, além de muita alegria e disposição das pessoas, pois a casa não esvaziou nada apesar da hora, todos estavam la para prestigiar mesmo a banda. Rodrigo, com suas clássicas bermudas, entrou com uma câmera em sua cabeça para filmar o show, mas conforme seus pulos malucos, ela ia caindo; cedendo-a assim para o guitarrista Philippe, que ficava mais parado em seu lugar. O grupo tem um sincronismo perfeito, não devendo nada aos fãs presentes, sendo sempre muito aplaudidos. O setlist mais longo da noite e com certeza, um belo encerramento para o festival com a música “Contra Todos“.

Fire Hardcore Festival

Fire Hardcore Festival

Fire Hardcore Festival

Dance Of Days no Fire Hardcore Festival

Dance Of Days no Fire Hardcore Festival

Dance Of Days no Fire Hardcore Festival Garage Fuzz no Fire Hardcore Festival

Garage Fuzz no Fire Hardcore Festival

Boom Boom Kid no Fire Hardcore Festival Boom Boom Kid no Fire Hardcore Festival

Boom Boom Kid no Fire Hardcore Festival Boom Boom Kid no Fire Hardcore Festival

Medellin no Fire Hardcore Festival

Medellin no Fire Hardcore Festival

Medellin no Fire Hardcore Festival Dead Fish no Fire Hardcore Festival

Dead Fish no Fire Hardcore Festival

Dead Fish no Fire Hardcore Festival

Dead Fish no Fire Hardcore Festival Dead Fish no Fire Hardcore Festival