Amy Winehouse não morreu por overdose de drogas
 

Amy Winehouse não morreu por overdose de drogas

Ao contrário do que muita gente imaginava, Amy Winehouse não morreu por overdose de drogas.
O resultado dos exames toxicológicos da cantora foi liberado e nele consta que não havia nenhum tipo de substância ilegal no corpo da cantora.

Os exames apontam ainda que havia álcool em seu sangue, mas que não é possível determinar se isso foi uma das causas da morte de Amy.

Exames completos e um relatório detalhado do caso serão divulgados em Outubro, quando a causa da morte de Amy Winehouse deve ser confirmada de forma oficial.

 
 
Compartilhar